Lutador Elias Theodorou, de 34 anos, morre de câncer

O boxeador canadense Elias Theodore (ex-UFC) morreu neste domingo, aos 34 anos, após não conseguir lutar contra um câncer de fígado terminal. Ex-UFC, foi Campeão da Seleção Nacional do TUF 2014 e permaneceu na organização até 2019. O site “BJPenn.com” foi o primeiro a relatar.

Depois de iniciar sua carreira com uma sequência de oito vitórias consecutivas, ele foi 8-3 com o UFC. Suas vitórias mais notáveis ​​vieram de Eryk Anders, Dan Kelly, Cezar Mutante e Sam Alvey. Após o término de seu contrato com o UFC, Theodoro ainda disputou três lutas regionais no Canadá, vencendo três.

A última vez que isso aconteceu foi em dezembro de 2021. Theodorou também é conhecido por apoiar o uso medicinal da maconha em esportes de combate. Em 2020, ele foi o primeiro lutador norte-americano a receber o uso terapêutico da droga – premiada pela British Columbia Sports Commission. E então também foi o primeiro na América.

O canadense ainda era notícia quando jogou o “Ring Boy” no evento Invicta FC 2018. O grupo postou uma mensagem de pesar nas redes sociais na segunda-feira. Assim que a notícia foi divulgada, os atletas de MMA também prestaram homenagem aos colegas em seus perfis.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *