Spider afirma que sai do UFC se Dana White pedir para ele se aposentar

158

Na história do UFC, alguns atletas que marcaram época na organização foram persuadidos por Dana White a encerrarem suas carreiras após uma sequência resultados ruins. O caso mais marcante deste tipo envolveu o membro do Hall da Fama Chuck Lidell, que parou de lutar em dezembro de 2010. Perto da revanche contra Chris Weidman, que acontece no dia 28 de dezembro, Anderson Silva já se antecipou caso perca para o rival e tenha a mesma conversa com o dirigente. Em entrevista ao programa “Roda Viva” da TV Cultura, transcrita pelo site “MMA Fighting”, o Spider rechaçou a possibilidade de se aposentar e afirmou que se White lhe propor isso vai seguir atuando em outro evento que não o Ultimate ou até mudar de modalidade.

“Se eu perder novamente, toda a mídia vai me criticar, dizer que eu não sou mais o mesmo, e talvez o Dana diga que é hora de me aposentar. Ele forçou o Chuck Liddell a se aposentar. Ele não queria se aposentar, e é um cara que fez história no UFC, mas você tem que estar preparado. Eu diria ‘obrigado por tudo, mas eu vou continuar a fazer o que eu amo de outras maneiras’. Eu iria para outros eventos, lutar em outros esportes, mas eu continuaria a lutar porque é o que eu amo fazer”, cravou o ex-campeão dos médios.

Sobre o segundo confronto contra Weidman, Anderson acredita que pode apagar a má impressão deixada na primeira luta com uma vitória rápida no UFC 168 e se disse preparado para eventuais críticas em caso de nova derrota. “Quanto mais rápido eu terminar a luta, melhor. Eu treino muito duro para poder acabar rápido com a luta. As pessoas podem dizer ‘Ah, ele entregou a primeira luta’. Se eu perder novamente, as pessoas dirão que eu tenho que me aposentar, que o Weidman é o melhor. É normal, e você tem que estar preparado para isso”, concluiu.

No dia 28 de dezembro, Anderson Silva tem novamente Chris Weidman pela frenta, em uma das revanches mais aguardadas da história do Ultimate. O confronto é a luta principal do UFC 168, que acontece no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas (EUA). Confira abaixo o card completo do evento:

CARD PRINCIPAL

Chris Weidman vs. Anderson Silva;

Ronda Rousey vs. Miesha Tate;

Josh Barnett vs. Travis Browne;

Fabrício “Morango” Camões vs. Jim Miller;

Diego Brandão vs. Dustin Poirier.

CARD PRELIMINAR

Uriah Hall vs. Chris Leben;

Michael Johnson vs. Gleison Tibau;

Manny Gamburyan vs. Dennis Siver;

Siyar Bahadurzada vs. John Howard;

William “Patolino” Macário vs. Bobby Voelker;

Estevan Payan vs. Robert Peralta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here