Shooto 53 tem Felipe Olivieri, disputa de cinturão feminino e chancela da CABMMA

192
Prezados, enviando correção nos nomes dos atletas apenas. O texto não tem erros. Franquia fará, no mínimo, oito eventos este ano, e vai passar a adotar regras do UFC, com liberação de cotoveladas

A primeira edição de 2015 do Shooto Brasil já tem data e local confirmados, com diversas novidades. No dia 19 de abril, a partir das 19h, no Clube Hebraica Rio, em Laranjeiras, no Rio de Janeiro, a franquia coloca em disputa seu cinturão feminino até 61kg no duelo entre Luciana Pereira e Priscila de Souza Matias, na co-luta principal. As mulheres preparam terreno para a luta principal, entre o experiente Felipe Olivieri, da carioca Nova União, e Álvaro “Pastor” Francescon, da paranaense SIAM, válida pela categoria até 70kg. O Canal Combate transmite, ao vivo, o evento, que conta ainda com mais nove lutas.

Para o ano de 2015, o Shooto Brasil fará, no mínimo, oito eventos, todos com chancela da Comissão Atlética Brasileira de MMA (CABMMA) e, a partir do meio do ano, serão incluídos exames antidoping obrigatórios a todos os atletas. As regras também serão iguais às do UFC. Já na edição 53, em todas as lutas será permitido o uso de cotoveladas, uma medida, segundo o presidente da organização, André Pederneiras, para adaptar os lutadores que, futuramente, venham a migrar para eventos internacionais, como é o caso do Ultimate.

“O Shooto é o evento que mais exportou atletas para o UFC até hoje e queremos que os futuros atletas que lutarem no nosso evento cheguem no exterior sem sentir a diferença”, explica Pederneiras, que projeta um grande evento para o dia 19 de abril, um domingo. “Montamos um card seguindo a filosofia do Shooto, misturando atletas experientes e jovens promessas. A disputa de cinturão entre as mulheres vai pegar fogo e a luta principal será muito equilibrada”.

Atletas experientes e duelo de academias tradicionais nas lutas principais 

Na luta principal da noite, duelo Rio de Janeiro Vs Curitiba na categoria até 70kg. Representando a Nova União, Felipe Olivieri busca sua 14ª vitória na carreira, a terceira consecutiva, depois de conquistar dois nocautes seguidos, o último deles no Pancrase, sobre o japonês Hiroki Aoki. Já Álvaro “Pastor” Francescon, de 33 anos, é atleta da SIAM. O lutador faz sua estreia no Shooto, pode chegar ao seu sexto triunfo seguido e, assim, melhorar seu cartel de seis vitórias e duas derrotas.

Duas experientes lutadoras vão se enfrentar pelo título até 61kg do Shooto Brasil. Luciana Pereira é uma das mais antigas atletas da Nova União, parceira de treinos e amiga de Felipe Olivieri, além do campeão do UFC José Aldo, entre outros. Ela soma cinco vitórias e três derrotas na carreira. Priscila Matias defende a bandeira da Paraná Vale-Tudo, equipe emergente e que tem como grande nome a atleta do UFC Jéssica Bate-Estaca e tem se tornado reconhecida pelo trabalho feito no MMA feminino. Priscila disputa o cinturão carregando cartel de sete triunfos e quatro revezes.

Shooto Brasil 53 – Serviço

Data: Domingo, 19 de abril de 2015
Horário: 19h (Ao vivo no Canal Combate)
Local: Clube Hebraica Rio
Endereço: Rua das Laranjeiras 346 – Laranjeiras, Rio de Janeiro

Card de lutas (sujeito a alterações)

Até 70kg: Álvaro Pastor (SIAM) x Felipe Olivieri (Nova União)
Até 61kg: Priscila de Souza Matias (PRVT) x Luciana Pereira (Nova União) – disputa de cinturão
Até 61kg: Eliel Topete Dourado (BPT Bulldogs Gym)) x Luciano Benício (Nova União)
Até 66kg: Paulo de Laia Almeida (BPT Bulldogs Gym)) x Eliandro PQD (Nova União)
Até 70kg: Jonas Cyborg (BPT Bulldogs Gym)) x Alcides Nunes (Team Laerte Barcelos)
Até 66kg: Rafael Santana Mota (BPT Bulldogs Gym)) x Kauê Fernandes Pinheiro (Nova União)
Até 66kg: Marco Antonio Prado Nenê (Baixinho Team) x Felipe Valentim Jesus (Nova União)
Até 57kg: Julio Splinter (Brazilian Top Team) x Ronaldo Candido de Oliveira (Nova União)
Até 57kg: Augustin Zás Presa (Baixinho Team) x Heider Prais Quina (Nova União)
Até 52kg: Dyllan Alves do Nascimento (BPT Bulldogs Gym)) x Jhonata de Souza da Silva (Nova União)
Até 52kg: Danilo Gomes Correia (Pejor) x Claudio Coutinho (Nova União)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here