Os companheiros de equipe de McGregor dizem que os irlandeses desrespeitaram a Polier na revanche

Ex-UFC, o russo Artem Lobov revelou que seu amigo havia pensado em enfrentar Manny Pacquiao em uma luta de boxe durante os treinos, e prometeu que agora o foco está de volta: “Ele vai nocautear no primeiro round

Um dos melhores amigos de Conor McGregor e seu parceiro de treino na equipe SBG, o russo Artem Lobov revelou em entrevista ao site “BJPenn.com” que os irlandeses não respeitavam Dustin Poirier como deveria. A luta entre o UFC 257. Segundo Lobov, a cabeça de McGregor estava em uma possível luta de boxe com o filipino Manny Pacquiao, enquanto os americanos estavam totalmente focados na revanche entre os dois.

Não é que Connor não esteja focado ou não, mas ele pode não ter dado a Dustin o respeito que ele merece. Connor pensa mais no próximo boxe de Manny (Pacquiao) e se prepara para isso, porque acha que é um desafio. Dustin foi apenas um aquecimento. Obviamente, este não é o caso. Dustin fez o dever de casa e melhorou muito.

Questionado se acha que McGregor deve trocar de time para corrigir as falhas que o fizeram sofrer o primeiro nocaute da carreira, Lobov garantiu que a ideia não passará pela cabeça do ex-campeão dos leves e penas do UFC.

-Você quer dizer sair para ajudá-lo a se tornar o primeiro treinador bicampeão do UFC? Você está falando sobre o treinador? O que o ajudou a alcançar algo que ninguém mais conseguiu? É este o treinador que você quer que ele saia? Por favor … Todos nós conversamos sobre isso. Talvez Connor não esteja investido, não treinando tão duro quanto deveria. Nós sabemos onde está o problema. Não tem nada a ver com o treinador. Agora ele promete novamente que tem treinado e está com as pessoas certas.

Para Lobov, o chute na panturrilha em Poirier foi um fator desequilibrado na segunda luta entre os dois, pois McGregor não os preparou adequadamente. No entanto, para ele, o irlandês aprendeu a lição e deve vencer os americanos na primeira fase, assim como aconteceu no primeiro duelo de leves no UFC 178, em 2014.

-Se você olhar para a segunda batalha, ela se desenvolve exatamente como a primeira. como esperado. A única diferença é chutar a panturrilha. Não é que ele não tenha treinado chutes defensivos, mas esses chutes são únicos. Ao treinar e usar caneleiras, não sinta esses chutes e levante as pernas para defendê-los. Mas não funciona mais na batalha. Connor sabe disso agora. Hoje vi Connor eliminar Dustin no primeiro round.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here