Lyoto desiste da aposentadoria, olha para próxima luta e avisa: ‘O céu é o limite’

 

Sem luta desde abril do ano passado, brasileiro quer ser mais ativo em 2022 e planeja voltar ao peso médio

O ex-campeão meio-pesado do UFC e atual Bellator Ryoto Machida está suspenso desde abril passado. O brasileiro tem sido muito ativo ao longo de sua carreira, mas jogou apenas dois jogos nos últimos dois anos.

– Eu tenho treinado e tenho feito todo o treinamento. Estou indo para a Fusion, uma academia de artes marciais mistas em Orlando, e eles têm alguns lutadores no UFC. Eu treino lá três ou quatro vezes por semana, faço outros treinos em casa e meu corpo está aguentando muito bem. Em 2022 vou lutar por mais, terei mais oportunidades. Acredito que com todo o caos da pandemia, o Bellator primeiro parou por um tempo desde então, e depois lançou o GP (até 93kg), onde lutei a divisão. Realmente não é meu plano. Eu quero lutar na divisão inferior, esta é a minha divisão. Ele viu a oportunidade e eu agarrei, achei que poderia ser uma grande oportunidade porque sempre gosto de estar ativo. Meu problema com isso desacelerando um pouco também é por causa dessa situação. Eu quero lutar nessa categoria de baixo, aí lançaram esse GP, eu saí do GP, e tudo isso acabou favorecendo essa situação de eu ter diminuído meu ritmo de lutas. Agora em 2022 eu quero lutar mais, eu treino com todo mundo e sinto que minha condição física é muito boa, me mantenho muito bem, por isso quero me explorar mais, quero me expor mais nas lutas pra encerrar minha carreira.

 

Aliás, encerrar a carreira ainda não faz parte do plano do “Dragão”, promete.

– Eu quero fazer mais luta. Eu amo o que eu faço. Eu absolutamente amo isso e o mais importante, eu amo treinar. Acho que uma das coisas mais difíceis é encontrar alguém que se dedique assim e ame, então, para mim, treinar todos os dias não é um sacrifício. Foi incutido em mim desde a infância e eu adoro isso. Eu amei tanto desde criança e, para mim, é o meu momento. É um momento de meditação, um momento de preparação para mim mesmo, então uso como ferramenta e ainda me preparo para a batalha. Claro que os camps são completamente diferentes, nos camps você tem mais foco, maiores exigências, mas se eu disser 60% ou 70% de manutenção, aí eu sou bem cuidado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here