Alex Poatan vence por nocaute e cita Spider como inspiração

O mais recente campeão peso-médio do UFC, Alex Poatan, se inspirou em Anderson Silva para ajudá-lo a subir ao topo da categoria até 84kg. Conforme revelado em entrevista exclusiva ao Combate.com, Poatan dá continuidade ao trabalho que Anderson iniciou em 2006, quando conquistou o cinturão dos médios pela primeira vez.

Poatan se juntou ao mesmo seleto grupo de Spider no nocaute final do UFC 281, em Nova York (EUA), na madrugada deste sábado, ao derrotar o ex-campeão nigeriano Israel Adesanya da categoria. A vitória de Poatan foi emocionante. Tendo superado ele em pelo menos três das quatro primeiras rodadas, um retorno é improvável. O brasileiro encontrou forças para derrubá-lo e venceu o nigeriano em 2m01s do quinto round. No grid, o uppercut de direita de Alex Poatan e uma série de ganchos mandaram Adesanya para o chão.

Vale lembrar que a ocupação de Alex Poatan foi o carrasco de Israel Adesanya. O modo não importa. Isso porque o brasileiro já havia vencido o nigeriano no kickboxing duas vezes em seu currículo antes do confronto do UFC. Com a vitória sobre Adesanya, Poatan agora tem sete das oito lutas no MMA, superando todos os quatro adversários que enfrentou no UFC. Foi a primeira derrota de Adesanya no MMA como peso médio. O nigeriano agora tem um cartel de 23-2 e só perdeu como meio-pesado (até 93kg) na luta pelo cinturão com o então campeão Jan Blachowicz.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *