Conor McGregor leva nocaute devastador no UFC 257

Transcendental. Em uma das batalhas mais esperadas do ano, Dustin Poirier chocou o mundo e atropelou pelo confronto principal do UFC 257, em Abu Dhabi, neste sábado (23) Conor McGregor. Depois de um começo lento, o americano derrotou o irlandes no segundo round e o surpreendeu.

Com isso, Poirier confirmou a boa fase de sua carreira e se consolidou como um dos favoritos na próxima luta pelo título dos leves (até 70,3 kg). Dustin está atualmente em segundo lugar no grupo liderado por Khabib Nurmagomedov, e é o primeiro atleta da história a eliminar Conor.

Considerado um dos maiores fenômenos da história do MMA, McGregor não teve o retorno desejado. Não houve luta desde janeiro de 2020, o irlandês iniciou um impasse, realizou um ataque preciso e quase derrubou o adversário com um golpe poderoso. No entanto, o “notório” sentiu o peso de Poiril e chegou ao quinto revés da carreira.

Após o confronto, Conor pediu a Poirier uma revanche. Mesmo após perder, Conor foi aplaudido pelo público de Abu Dhabi.

A luta

O confronto começou com Conor perseguindo Poirier continuamente. Dustin, que estava em apuros, foi atacado pelos irlandeses, e os irlandeses continuaram a subir. Os americanos ficaram em desvantagem no golpe, investiram nas “notórias” pernas e empurraram o duelo para o chão. Conor conseguiu se levantar e começou a pressionar Dustin na barra, o atleta trocou golpes com o ombro dele e o público estremeceu. Poirier conseguiu se libertar, mas Conor mais uma vez mostrou sua vantagem. Uma série de golpes dos irlandeses fez os americanos vacilar, e estes começaram a se gabar na clareira. Dustin McGregor fez uma cruz no rosto em resposta ao ataque, mas o ataque “notório” ainda foi certeiro. No final do ataque, os jogadores trocaram golpes.

Na segunda etapa, Poirier pegou a iniciativa de um chute rasteiro, o que fez Conor perder o equilíbrio. Os irlandeses responderam com uma série de socos e os americanos estavam com os punhos limpos no rosto. Dustin recuou, mas Conor continuou a perseguir seu oponente pelo octógono. Poirier tentou marcar com jabs e comando, mas McGregor continuou a responder aos golpes com maior precisão e força. No meio da rodada, Dustin alarmou Conor com um cruzado, que chocou os irlandeses. Poirier continuou a lutar contra a “notória” organização, que era notória. Os americanos continuaram atacando até que o árbitro interrompeu o confronto.

CARD PRELIMINAR 

Peso leve: Arman Tsarukyan derrotou Matt Frevola na decisão unânime dos juízes (30-27,30-26, 30-27)

Peso médio: Brad Tavares derrotou Antônio Cara de Sapato na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso galo: Julianna Peña finalizou Sara McMann com um mata-leão a 3m39s do R3

Peso meio-pesado: Marcin Prachnio derrotou Khalil Rountree Jr. na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso casado: Movsar Evloev derrotou Nik Lentz na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso mosca: Amir Albazi derrotou Zhalgas Zhumagulov na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here