Caiu Na Mão #01 – Com Lino Barros

304
Saaaaalve galera conectada no VNM… Primeiramente deixe-me explicar, o que é o Caiu Na Mão, simplesmente a nossa mais nova sessão, nela vamos entrevistar/conversar com alguns nomes das artes marciais. Lutadores que são apaixonados pelo o que fazem, dedicando assim sua vida ao esporte.
E para começar bem, ninguém mais, ninguém menos, que o atual campeão Latino Americano pela WBO (World Boxing Organization), Liiiiinoo Barroos! O brasileiro representa a Team Nogueira e fará sua primeira luta como atleta do Corinthians no dia 26. Possui um cartel de 39 lutas, 37 vitórias sendo 31 dessas por nocaute e apenas 2 derrotas. Diga-se de passagem UM MONSTRO do pugilismo! Atualmente é o 9º colocado no ranking mundial e 1º no ranking da América Latina.

Nome, apelido e idade?
Laudelino “Lino” Barros, 38 anos.
Natural de onde?
Alto Alegre, Interior de SP.
Qual o seu estado civil?
Solteiro.
Você pratica algum outro esporte, além do boxe?
Atualmente não. Eu já pratiquei Karatê, quando tinha 12 anos.
Quais as suas conquistas? Qual você considera a mais importante?
Eu acho que a conquista maior foi quando eu ainda era atleta olímpico. Conquistei medalha de prata nos jogos Pan Americanos de Winnipeg em 1999. No ano seguinte, senti a maior emoção da minha vida ao participar dos Jogos Olímpicos de Sidney. A entrada com toda a delegação brasileira na cerimônia de abertura foi uma emoção indescritível.
Quando e como você começou?
Assistia muito boxe na TV quando era criança. Desde então decidi que este esporte era o que eu queria para mim. Em 1994 larguei a vida de cortador de cana em Alto Alegre e fui para São Paulo tentar a vida no Boxe.
Quando cheguei eu não tinha onde ficar e com ajuda da prefeitura acabei indo morar em um pequeno quarto de 2x1m no ginásio José Liberatti, em Osasco.
Quis o destino que justamente neste ginásio, que me acolheu há quase 20 anos, eu fizesse uma das lutas mais importantes da minha vida no próximo dia 26 de Outubro.
Já sofreu algum tipo de preconceito?
Não.
Conte um pouco da luta que você achou mais difícil em sua carreira!
Foi contra o Fred Moore em Miami, 2004. Luta duríssima, dei um knock down nele e acusei um golpe no 3º round, mas no 4º round consegui nocauteá-lo e pela primeira vez fui campeão latino americano pela WBA.
Quem são seus ídolos?
No boxe Sugar Ray, Mike Tyson, Muhammad Ali e atualmente o Floyd Maywheater.
No MMA meus maiores ídolos e amigos são os irmãos Nogueira: Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro.
Conte-nos um pouco da sua preparação diária física e alimentar.
De manhã tomo como cereais, café preto, 1 pão integral, suplementos, 1 fruta (banana ou mamão) e vou para academia treinar. Almoço sempre com arroz e feijão.
Segunda, quarta e sexta-feira, treino no Corinthians, clube que represento, com meu treinador Washington Silva na parte da manhã e corridas leves na parte da tarde. Terças, quintas e sábados faço preparação física na Team Nogueira com o preparador físico Rodrigo e com a supervisão de Paulo Manzini e na parte técnica treino junto com o Neilson Braga.
Qual a sua Filosofia de Vida?
Viver bem e fazer o bem.
O que é o Boxe pra você?
Minha vida.
Se defina em uma palavra!
Guerreiro.
Patrocinador:
O que você achou do blog Vem Na Mão?
Acho excelente. Quando posso eu sempre acesso e acho muito interessante o conteúdo do blog.
Deixe um recado para todas as pessoas que admiram e acompanham seu trabalho.
Só tenho a agradecer todos pelo suporte, pelo carinho e respeito que demonstram pelo meu trabalho. Espero que estejam torcendo para o Brasil no próximo dia 26 de Outubro no Ginásio Prof. José Liberatti em Osasco. Será um grande evento, nos moldes internacionais, e quem gosta da nobre arte não pode deixar de comparecer. Muito obrigado!
Obrigado você Lino pela atenção! Dia 26 estaremos lá no UWC na torcida. Sucesso campeão! BRASIIIIIL… Fiquem agora com Lino Barros – A vida de um campeão:

Lino segue em busca do cinturão mundial dos lutadores de até 90,7kg. No dia 26 de outubro, em Osasco (SP), enfrentará o norte-americano Felix Cora Jr., em noite que contará com a presença inédita do locutor Michael Buffer, irmão de Buffer e voz mais conhecida do esporte, no Brasil.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here