Anderson Silva sobre o boxe: “Não estou aqui para representar o MMA”

 

O brasileiro disse que não precisava provar nada para ninguém, queria aproveitar este momento

No próximo sábado, o brasileiro Anderson Silva enfrentará o mexicano Júlio César Chávez em uma luta de boxe. O duelo em Guadalajara, no México, será a estreia de Silva no ringue. Na entrevista coletiva, o boxeador brasileiro afirmou que não precisa provar nada para ninguém, nem se tornará um representante do MMA neste novo esporte.

Anderson enfatizou que o boxe e as artes marciais mistas são esportes diferentes, a luta é por sua paixão pelo boxe, não para provar que um esporte é melhor que outro.

-Deixe-me dizer uma coisa muito importante, (lutar) não é provar nada para ninguém. O boxe é um esporte diferente do MMA. As pessoas precisam respeitar o boxe e respeitar o MMA. Não estou aqui para representar o MMA, estou aqui para representar a minha família e dar o meu melhor neste esporte que respeito.

O ex-campeão do UFC disse que ficou muito feliz com o convite para participar da partida e considerou um grande desafio em sua carreira. Anderson relata que o boxe é um hobby antigo em sua vida

-Bem, encontrei um grande desafio na minha vida, já joguei contra grandes campeões em vários países ao redor do mundo. Mas gosto de boxe, quando comecei tentei entrar no boxe, mas minha vida mudou no final e entrei no MMA. (…) Venho treinando boxe há muitos anos, tenho jogado boxe amador e profissional. Claro que não no mesmo nível, mas tento me divertir. Eu sinto (a diferença entre MMA e boxe), mas me adaptei ao meu corpo, estou muito feliz por estar aqui

O boxeador brasileiro disse que não tem medo de arriscar nesse novo esporte e acha importante transmitir aos fãs que precisa se dedicar ao que ama.

-Eu sou um lutador, eu posso lutar. Esta é uma grande oportunidade para mim. Isso não é para provar nada, mas para transmitir uma boa notícia para as pessoas do mundo, não é sobre lutar, mas sobre o quanto você gosta do que faz e o quanto você ama algo. E faça algo especial para o mundo. Este é meu objetivo agora.

Anderson lembrou ainda que este evento será uma forma de levar alegria ao mundo em um momento tão difícil. O boxeador ressaltou que tem sentimentos profundos pelo México, país onde as lutas aconteceram, e espera ter uma boa ressonância no confronto.

-Fico muito feliz porque os mexicanos têm o mesmo coração dos brasileiros. Estou muito feliz por poder lutar com tantos lutadores que se destacam neste card. Eu só quero tentar aproveitar. Este é um momento especial no mundo, principalmente olhando o que está acontecendo. Portanto, esta é uma boa oportunidade para reunir as pessoas e sentir a energia positiva de todo o mundo.

Anderson Silva tem uma carreira marcante no MMA, ele é o campeão dos médios do UFC. Conhecido como o “Aranha” na gaiola octogonal, ele tem 17 vitórias consecutivas e 10 campeões consecutivos. Anderson é considerado um dos maiores lutadores da história do UFC. Ele encerrou a carreira no MMA com lesões graves na perna e dois casos de doping, a última vez em 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here