Wilson Reis reclama de luta de DJ contra vencedor do TUF: “Desrespeito”

15

2

As últimas semanas foram difíceis para o brasileiro Wilson Reis. Programado para enfrentar o campeão Demetrious Johnson no UFC 201, o peso-mosca viu seus sonhos de conquistar o título caírem por terra quando “DJ” se machucou com menos de um mês restando para o evento. Sem previsão de retorno para o “Super Mouse”, o Ultimate pediu que Reis aceitasse uma nova luta, contra um lutador estreante na organização, e o paulista aceitou. O substituto mudou duas vezes, e ele acabou enfrentando o mexicano Hector Sandoval, da respeitada academia Alpha Male. Wilson Reis fez sua parte e finalizou ainda no primeiro round, no último sábado, mas revelou que foi difícil se concentrar para o desafio.
– Foi frustrante, mas não deixei isso me consumir. Mas levou algumas semanas (para superar), é a magnitude da situação. A luta contra Demetrious não era só a maior da minha vida, mas era uma luta que mudaria minha vida, e aí você volta à realidade, a uma luta normal, de volta às preliminares. Achei injusto, mas não foi culpa de ninguém, ele se machucou e isso acontece. Fiz minha parte, apareci e consegui esta grande vitória – disse o brasileiro, em entrevista ao site “MMA Fighting”.
O futuro de Wilson Reis, agora, está indefinido. Segundo ele, o UFC lhe disse que não sabia ainda se ele permaneceria como desafiante número 1. Contudo, a organização já anunciou que o vencedor da 24ª temporada do reality show “The Ultimate Fighter”, que terá 16 competidores pesos-moscas de outros eventos, terá uma chance de disputar o cinturão contra Johnson, o que provavelmente significa que o paulista terá de aceitar outra luta antes de ter sua oportunidade de volta. Reis criticou a ideia de atrelar o programa à disputa do título.

– Não é irritante, mas é injusto para qualquer um no top 15. Foi muito desrespeitoso o UFC fazer isso. Quando você vê o elenco do TUF, a maioria dos lutadores ex-UFC não estão indo muito bem, por isso que foram cortados – declarou.
O lutador brasileiro fez o que pôde para provocar Demetrious Johnson e se vender como próximo desafiante, mas admitiu que, a não ser que receba garantias, pode aceitar enfrentar Ian McCall ou Louis Smolka, que o desafiaram pelas redes sociais após sua vitória sobre Sandoval.

– Eu fiz tudo certo para fazer uma luta de título contra Demetrious Johnson, disse que ele fugiu antes, digo de novo, está fugindo de mim. Só quero enfrentá-lo. Eu assinei um contrato, esta luta tem que acontecer. Sou o desafiante número 1. Quando ele quiser lutar, estou aqui. Se eles prometerem uma luta pelo título, eu espero, se estiver assinado que vou receber. Mas, se for só verbalmente, eu aceito enfrentar um desses caras, pois são os desafiantes top.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here