WGP #30: multicampeão Thiago Michel defende cinturão contra Diego Gaúcho na co-luta principal

5
Dono de inúmeras conquistas no kickboxing, mineiro vai para sua segunda defesa de título diante de experiente atleta de Bragança, neste sábado, em São Bernardo do Campo.
Thiago Michel vem de vitória sobre Fernando Nonato no WGP #27 / Foto: Divulgação
A contagem regressiva para a edição especial de número 30 do WGP Kickboxing está perto do fim. Neste sábado, dia 7 de maio, em São Bernardo do Campo (SP), a organização realiza nova edição com um card repleto de atrações. Um dos destaques da noite fica por conta da segunda defesa de título do campeão peso super-médio (até 78,1kg), Thiago Michel, que encara o paulista Diego Gaúcho, vencedor do último Challenger GP da divisão. O evento tem ainda outras duas lutas valendo título: o campeão dos cruzadores (até 85kg) Alex Pereira encara o desafiante Junior Alpha na luta principal da noite, e Tadeu San Martino e Nicolas Ryske duelam pelo cinturão pan-americano da WAKO, na divisão dos médios (até 75kg). O Sportv, Canal Combate e a Bandsports transmitem tudo ao vivo a partir das 20h.
Nascido e criado na academia, Thiago Michel enaltece adversário e pede evento em Belo Horizonte
A paixão do mineiro Thiago Michel pelas artes marciais vem desde berço. Filho de Ely Pereira, ex-lutador de kung fu, taekwondo e kickboxing, Thiago iniciou a carreira ainda criança, aos seis anos. Seguindo as modalidades que o pai praticava, o mineiro passou a se dedicar integralmente ao kickboxing apenas aos 12 anos. Desde então não parou de competir um ano sequer e conquistou diversos títulos importantes além do cinturão do WGP, como o pan-americano profissional da WAKO, organização que rege o kickboxing pelo mundo, e o tetracampeonato pan-americano amador, da mesma WAKO. 
“Meu pai nunca me induziu a fazer nada, mas como estava sempre com ele na academia, falei que queria treinar. Tinha seis anos e ele me falou: você vai fazer uma aula de judô, uma de karatê e uma de taekwondo para fazer um teste e ver qual você quer. Fiz uma aula de cada, mas já com a cabeça no taekwondo (risos). Na adolescência peguei mais gosto pelo kickboxing mesmo e vi que era aquilo que queria para mim. Sempre acompanhei meu pai nos campeonatos, é o cara que me inspirou e inspira até hoje”, afirma o atleta de 31 anos.
No WGP Thiago já se sente em casa. Campeão da divisão dos super médios desde 2014, o mineiro já fez sete combates na organização. Com um cartel de 41 vitórias em 44 lutas, Thiago sabe dos perigos que seu adversário Diego Gaúcho pode lhe oferecer. “Conheço bastante o Diego, é um atleta de ponta. Como todos que chegam na condição de desafiante ele deve estar motivado e com o gás total para me vencer. O campeão fica sempre em evidência, todo mundo quer ganhar. Mas estou bem tranquilo em relação a isso, conheço bem o trabalho do mestre dele, Munil Adriano, e a estratégia é jogar fechado e ir pontuando”, afirma o atleta, que faz um pedido especial para a organização em caso de vitória. “Tenho grande expectativa de lutar pelo WGP em Belo Horizonte, espero que o pessoal possa fazer um esforço e trazer o evento para cá na minha próxima luta”.
Experiente, Diego Gaúcho espera surpreender o campeão
Diego Gaúcho, ao contrário do que leva no nome, é natural de Bragança Paulista e diferente de seu oponente, iniciou a carreira tarde, com 19 anos, no muay thai. Depois de muita dificuldade ao abandonar o trabalho como soldador para abrir sua própria academia, ele começou a colher os frutos nos últimos cinco anos com vitórias expressivas. No WGP o atleta vem de uma sequência de sete triunfos, sendo cinco deles por nocaute. Em sua última apresentação conquistou o Challenger GP da divisão ao vencer na mesma noite Jorge Daniel e Ruan Ferreira, ambos por nocaute. 
“Estou treinando muito, nunca treinei tanto na minha vida. Na minha cabeça tenho quase certeza que vou ganhar o cinturão e isso vai mudar muito minha vida. Sei que meu adversário tem muito gás, joga bem na regra, pontuando e se movimentando bastante. Mas treinei para correr atrás dele, para a hora que ele tentar partir para cima ser surpreendido e estou muito confiante em conquistar esse título”, garante o atleta que soma 46 vitórias e oito derrotas na carreira.
O WGP #30 acontece em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. A cidade fica a cerca de 100km de Bragança Paulista, onde Diego reside. A distância, que parece longa, vai ficar pequena para cerca de 200 pessoas entre familiares, amigos e fãs que irão em ônibus e vans torcer por Gaúcho. Esse calor da torcida empolga o atleta, que garante motivação extra com tanto apoio vindo das arquibancadas. “Vai uma galera mesmo, estamos vendo a melhor forma de levar todo mundo. O pessoal sempre me acompanha em todas as minhas lutas e sendo perto então, vai mais gente ainda. A torcida chama atenção e para mim é um privilégio pessoal poder receber esse suporte, mas estou bem focado também e se ganhar vou dedicar a todos eles”, projeta.
Além das disputas de título nas três lutas mais importantes da noite, o WGP #30 conta com o #1 do ranking WGP dos pesos-pesados (até 94kg) Felipe Micheletti, que retorna para encarar Haime Morais, e o ex-desafiante ao título peso meio-médio (até 71,8kg) Bruno Gazani, que enfrenta o argentino Emanuel Ramponi. O duelo entre Wilson Djavan e Marcus Vinicius também promete e deve colocar o vencedor na linha de possíveis desafiantes ao cinturão da divisão super-leve (até 64,5kg).

WGP #30: Special Edition
Data: Sábado, dia 07 de maio de 2016
Local: Ginásio Adib Moisés Dib 
Endereço: Av. Kennedy, 1155 – Parque Anchieta, São Bernardo do Campo – São Paulo 
Horário: 18h20 (horário de Brasília) – Abertura dos portões as 17h30
Transmissão: Sportv, Canal Combate, Bandsports e TV Aratu (filial do SBT em Salvador) para a Bahia
Ingressos online: https://goo.gl/G1qOC2
Pontos de venda: https://goo.gl/xAokfH
WGP #30: Main Card
MAIN EVENT: Disputa de Cinturão WGP Kickboxing 
K1 Rules / Peso-Cruzador (85 Kg)
Alex Pereira (Peso Pesado Team) vs Junior Alpha (Kingstar)
CO-MAIN EVENT: Disputa de Cinturão WGP Kickboxing
K1 Rules / Peso-Super-Medio (78,1 Kg)
Thiago Michel (Ely Kickboxing) vs Diego Gaúcho (Inside Munil Adriano)
Disputa de Cinturão Panamericano WAKO
Low Kicks / Peso-Médio (75 Kg)
Tadeu San Martino (San Martino Team / UFT – BRA) vs Nicolas Ryske (Picante Fight Club – ARG)
SUPER FIGHT 7
K1 Rules / Peso-Pesado (94 Kg)
Felipe Micheletti (Carseti Fight Team) vs Haime Morais (Shotgan)
SUPER FIGHT 6
K1 Rules / Peso-Meio-Médio (71,8 Kg)
Bruno Gazani (União ABC – BRA) vs Emanuel Ramponi (RC Kickboxing – ARG)
SUPER FIGHT 5
K1 Rules / Peso-Super-Leve (64,5 Kg)
Wilson Djavan (UFT) vs Marcus Vinicius (Rocha União Fight)
WGP #30: Super Fights
SUPER FIGHT 4
K1 Rules / Peso-Super-Leve (64,5 Kg)
Ivan Ibarbe (Team Salas – BOL) vs Fernando Maestro (Corinthians Kickboxing – BRA)
SUPER FIGHT 3
K1 Rules / Peso-Super-Médio (78,1 Kg)
Thiago “Golden Boy” (Thailand Top Team) vs Inaftali Gomes (Serginho Team)
SUPER FIGHT 2
K1 Rules / Peso-Leve (60 Kg)
Felipe ‘Artillero’ Bocaz (Company Top Fight – CHI) vs Jhonatan Leuch (CT Célio Rodrigues – BRA)
SUPER FIGHT 1
K1 Rules / Peso-Super-Leve (64,5 Kg)
Robson “Minotinho” (Coliseu Team) vs Henrique Silva (Equipe Arena)
WGP #30: Undercard
LUTA 4
K1 Rules / Peso-Super-Pesado (+94 Kg)
Johnny Klever (Yoshinaga Fight Team) vs Junior Cassiano (Elite / RFW)
LUTA 3
K1 Rules / Peso-Meio-Médio (71,8 Kg)
Daniel Dias (União ABC) vs Luis “Predador” Santos (A2F ARENA)
LUTA 2
K1 Rules / Peso-Super-Médio (78,1 Kg)
Virgílio Junior (Bangkok Gym) vs Marcus ‘Jonn Jones’ (China Team)
LUTA 1
K1 Rules / Peso-Meio-Médio (71,8 Kg)
Lucas Almeida (Liga Sorocabana de Kickboxing) vs Yanco ‘Popó’ (CT Benacci Team / Puro Impacto)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here