Viscardi Andrade comemora volta ao UFC após grave lesão

6

Recuperado de fratura na tíbia e fíbula, lutador retorna ao octógono no dia 7 de novembro, em São Paulo, contra Gasan Umalatov.

Na estreia pelo UFC, Viscardi anotou seu quinto nocaute na carreira (Divulgação/UFC)

Viscarde Andrade conta os dias para voltar à ativa pelo UFC. Longe do octógono desde fevereiro de 2014, o lutador tem compromisso agendado para o dia 7 de novembro, em São Paulo, diante do russo Gasan Umalatov, embate válido pela categoria meio-médio (até 77,5kg). E a razão pela qual está tanto tempo sem lutar serve como motivação extra para o duelo. Viscardi sofreu uma grave lesão na perna direita, uma fratura na tíbia e fíbula, em maio do ano passado, e está totalmente recuperado. Agora, recomeçar sua caminhada na organização é fato a ser comemorado. 
Aos 31 anos, Viscardi fará sua terceira luta pelo Ultimate. O paulista de Jales, cidade que fica a 586km da capital de São Paulo, teve como porta de entrada no evento o reality show The Ultimate Fighter (TUF), em 2013. Semifinalista no programa, ele estreou pela franquia em agosto do mesmo ano, contra o norte-americano Bristol Marunde, no UFC 163, triunfando com um nocaute em pouco mais de um minuto de luta. O segundo desafio foi seis meses depois, em embate com Nicholas Musoke, e o revés por pontos serviu como aprendizado para o brasileiro, assim como todo o processo de recuperação e de volta aos treinos.
“Eu estou muito feliz por voltar a fazer o que amo. Sempre fui competidor, desde a infância, lutando judô, então ficar parado por um longo tempo foi difícil. Mas consegui levar o fato para o lado positivo, procurei aprender muito nesse período, tanto como atleta como pessoa. Foi uma experiência complicada, mas que acredito ter feito bem para mim, na medida do possível. Estou ansioso para chegar logo o dia da luta”, revela o lutador. 
Para o retorno, Viscardi Andrade terá apoio especial no Ginásio do Ibirapuera. Em meio aos milhares de fãs brasileiros que acompanharão os duelos do card, familiares e amigos do lutador estarão presentes para apoiar o representante da equipe Gracie Fusion. A edição Fight Night do UFC será realizada bem próxima ao bairro onde Viscardi mora e treina. “Essa luta será no ‘quintal da minha casa’ (risos). Moro a 3km do ginásio, minha academia fica muito perto também. Com certeza terei uma torcida grande na arena, já que luto contra um gringo e meus amigos, alunos e familiares estarão presentes”, acredita. 
Longo camp também é comemorado
Em março deste ano, Viscardi Andrade estava liberado para voltar aos treinos. A alegria para voltar a desempenhar sua profissão contrastou com a queda de uma luta agendada para junho, por conta de uma lesão sofrida pelo adversário Andreas Stahl na semana do combate. O incidente colaborou para que a preparação para o próximo duelo do brasileiro seja prolongada, e ele quer tirar proveito disso. O camp de treinamento de Viscardi conta com os professores Celsinho Venicius (jiu-jitsu), Francisco Veras (muay-thai), Denis Vieira (wrestling) e Julio Brito (preparação física). 
“Eu estava pronto para lutar em junho, fiz uma boa preparação, seria uma boa luta, mas não rolou. Descansei uns dias e já voltei para a academia, até que foi confirmado o combate de novembro. Então estou em um ritmo muito forte de treinos, evoluindo a cada dia, especialmente na trocação. Acho que isso é um ponto favorável para mim. Meu oponente é duro, acredito que os fãs vão gostar da nossa luta, e estou me preparando da melhor maneira possível. Não quero decepcionar em minha volta ao octógono”, avisa Viscardi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here