Viscardi Andrade comemora ‘vitória dupla’ na carreira

7
Num intervalo de apenas oito dias, lutador triunfou em volta ao UFC e na superluta do Troféu Brasil do ADCC.
No último dia 7, Viscardi venceu Gasan Umalatov em sua volta ao UFC (Divulgação/UFC)
As últimas semanas foram agitadas para Viscardi Andrade. Após a boa vitória sobre Gasan Umalatov em seu retorno ao UFC, o lutador não perdeu tempo e entrou em ação na superluta da terceira edição do Troféu Brasil do ADCC, no último domingo, dia 15, em Barueri, São Paulo. E assim como no octógono, Viscardi deixou o desafio vitorioso ao finalizar Jorge Patino “Macaco” aos 7 minutos e 27 segundos de luta, com uma gravata peruana. Somados, os triunfos formam a “vitória dupla” na carreira do atleta. 
Viscardi ficou ausente das competições por longos 20 meses por fratura na tíbia e fíbula. Durante a longa recuperação, nem o atleta imaginou que sua volta seria tão vitoriosa. “Tive oito dias maravilhosos, desde a vitória no UFC até a vitória sobre o Macaco. Estou muito feliz. Aceitei o convite de lutar no Troféu Brasil mesmo com a proximidade das datas das lutas, mas eu sabia que compensaria todo o esforço. Acabou sendo uma ‘vitória dupla’, melhor do que eu imaginava”, comemorou. 
Mas engana-se quem pensa que foi fácil conseguir duas vitórias em um curto espaço de tempo. Além dos duros 15 minutos de luta contra o russo Umalatov, Viscardi Andrade teve ainda que novamente cortar peso para entrar em ação no 3º Troféu Brasil. A superluta tinha como peso limite 80kg, e o representante da Gracie Fusion lutou pelo UFC com 85kg, após bater 77kg na pesagem oficial do evento, na sexta-feira que antecedeu o combate. 
“A última semana foi vitoriosa, mas sofrida também (risos). Foram duas dietas e dois adversários complicados. Mas tudo isso foi bom para mostrar que estou de volta, que a boa fase voltou. Foi bom lutar três rounds no UFC, consegui mostrar que estava forte, no gás, muito bem. Depois disso, ainda conseguir finalizar um cara como é o Macaco, uma lenda do esporte, me deixa feliz demais”, contou o atleta, eufórico. 
Agora, Viscardi Andrade volta seu foco mais uma vez para o MMA. Dono de um cartel profissional de 18 vitórias e apenas seis derrotas na modalidade, ele planeja novo desafio no octógono para o primeiro trimestre de 2016. “Estou ansioso para novo combate, sem pensar em local ou adversário para isso. Minha ideia é de lutar novamente até março, ou até mesmo antes disso. Quero ganhar meu espaço no UFC fazendo boas lutas para os fãs. Quando o UFC me convocar, estarei pronto”, garantiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here