Vem Na Mão | Uma porrada de notícias sobre o mundo MMA

Voltar ao topo

Notícias

Técnico de GSP explica adiamento de luta com Anderson: “Seria a última de sua carreira”

Georges St-Pierre deve se aposentar contra Anderson Silva
No segundo semestre de 2012, era dado como quase certa a superluta entre Anderson Silva e Georges St-Pierre nos primeiros meses do ano seguinte. Mas depois de o canadense voltar de uma lesão e vencer Carlos Condit e Nick Diaz, e possibilidade desse combate esfriou. Agora, o treinador do campeão dos meio-médios explicou o motivo.
Em entrevista para o site norte-americano Sherdog, o principal técnico de GSP, Firas Zahabi, contou que o motivo de ele estar adiando o confronto contra o campeão dos médios é que isso abreviaria sua carreira. Ele explicou que St-Pierre – 31 anos – tem consciência de que depois que enfrentar Anderson – 37 anos – não terá muito mais o que fazer no octógono.
Assim, Zahabi apontou Johny Hendricks como próximo rival de Georges.
“Isso é que vamos pensar depois que tirarmos algumas férias. Quando ele voltar, vamos sentar e conversar sobre seu futuro. Essa não é uma decisão unidirecional. O UFC obviamente vai nos falar o que eles querem a seguir. Acho que GSP quer fazer ambas as lutas, para ser bem honesto.”

“Se ele enfrentar Hendricks, GSP pode lutar por mais tempo, pode fazer mais combates por mais tempo. Se ele tiver o Anderson como rival, essa pode realmente ser sua última luta. Ele se aposentaria depois dela. Ele pararia porque não teria nada maior para ele dali para frente, vencendo ou perdendo.”
“Acho que seria realmente o final de tudo para ele após enfrentar o Anderson. Talvez seja por isso que GSP está adiando um pouco esse combate com o brasileiro. Seria sua última luta porque ele iria para a categoria de cima e nunca mais voltaria para os meio-médios.”
Essa falta do treinador de GSP faz todo sentido. Depois de ficar mais de um ano parado por conta de uma grave lesão no joelho, o campeão dos meio-médios já deu sinais de que sua condição física não é mais a mesma, seu corpo já não se recupera tão rápido e tão bem.
Logo após o combate contra Nick Diaz, há suas semanas, Zahabi já tinha dito que não vê GSP lutando mais que três combates antes de se aposentar. Uma luta contra Anderson, no final de 2014, nessa conta faria todo sentido. Não teria como o canadense parar de melhor maneira.



Artigos Relacionados