Vem Na Mão | Uma porrada de notícias sobre o mundo MMA

Voltar ao topo

Notícias

Shooto Brasil 73: Filipe Jesus e Thiago Manchinha se enfrentam pelo cinturão peso-pena

Cinturão estará em disputa pela primeira vez no ano neste domingo, no Rio de Janeiro; Dedé Pederneiras confirma ideia de próximas edições no CT da Nova União.

312954_706122_img_1035

Filipe Jesus e Thiago Manchinha brigam pelo cinturão peso-pena do Shooto  (Natalino Werneck/Werneck Produções)

O principal objeto de desejo entre os lutadores do Shooto Brasil vai dar o ar da graça na noite deste domingo, dia 28 de maio, no Clube Hebraica Rio, Zona Sul do Rio de Janeiro. Pela primeira vez em 2017, a organização coloca um cinturão em disputa na luta principal da noite. Pela divisão dos penas (até 65,8kg), o mineiro Filipe Jesus encara o carioca Thiago Manchinha valendo o título, que era de Felipe Froes, companheiro de Felipe e que abriu mão para se dedicar a carreira internacional. Outro destaque é o embate entre o experiente Claudiere Freitas e o faixa-preta de jiu-jitsu Fernando dos Santos, pela categoria dos leves (até 70kg). O evento tem início às 20h com transmissão ao vivo do Canal Combate e do Sportv 2.

Dedé Pederneiras projeta despedida do Hebraica e próximas edições no CT da Nova União

Na pesagem oficial realizada na tarde deste sábado, dia 27, o presidente da organização Dedé Pederneiras revelou que provavelmente essa será a último evento do Shooto no Clube Hebraica Rio, isso porque a ideia, segundo ele, é realizar as próximas edições no novo Centro de Treinamento da Equipe Nova União, que está na fase final de obras no bairro do Flamengo, próximo à sede atual da equipe.

“Nossa ideia é realizar as próximas edições no Centro de Treinamento, que está quase pronto. Vamos ficar um ou dois meses sem o Shooto, até porque estamos em uma sequência de três eventos em um mês, mas faremos outros sete até o fim do ano”, disse Dedé Pederneiras a todos os lutadores.

O clima foi de absoluto respeito entre os atletas presentes no card durante a pesagem. Protagonistas do duelo principal, Filipe Jesus e Thiago Manchinha não tiveram problemas com a balança. Enquanto Jesus marcou 65,7kg limites da divisão, Thiago 65,5kg, confirmando assim a luta pelo cinturão peso-pena.

Representantes da co-luta mais importante do show Claudiere Freitas e Fernando dos Santos demonstraram muita cordialidade, mas o carioca não atingiu o limite da categoria e terá que doar 20% ao adversário, que marcou 70,7kg, limite da categoria com a tolerância. Outros atletas que não conseguiram chegar ao peso foram Paulo Zé Doido, Lucas Ananias e Glaucio Salvamar. Todos terão que repassar os mesmos 20% ao oponente.

Jesus busca manter hegemonia e Manchinha tem nova chance de título

A luta principal do Shooto Brasil 73 coloca à prova dois desafios distintos. O mineiro Filipe Jesus luta para manter o cinturão da categoria na academia Nova União já que ele pertencia ao paraense Felipe FRoes, que agora se dedica a carreira internacional e abriu mão do objeto. Já o carioca Thiago Manchinha terá uma segunda chance de conquistar o cinturão da divisão dos penas. Isso porque ele encarou Froes na edição 54 e, após uma luta muito equilibrada, saiu derrotado na decisão dividida dos juízes.

Manchinha não desanimou e voltou a a atuar na organização, onde venceu seus dois último duelos, sobre Max Miler e Guilherme Doin. Já Jesus vem de uma derrota polêmica no evento Fighten para Felipe Cruz. Antes disso, o mineiro somava uma grande sequência de oito triunfos consecutivos.

Na co-luta principal o duelo é entre Claudiere Freitas e Fernando dos Santos. Aos 36 anos Claudiere soma um extenso cartel de 30 lutas no MMA, com 15 vitórias e 15 derrotas. Já Fernando, de 29 anos, fez carreira no jiu-jitsu e possui um cartel de respeito com 12 lutas disputadas e apenas uma derrota, para Willian Cilli, no XFC. O faixa-preta da arte suave vem de dois triunfos seguidos no Shooto Brasil. O vento conta com outros 11 duelos, sendo dois amadores, com destaque para a presença de Glaucio Eliziário, que encara Ismael Bonfim pela divisão dos leves. Glaucio também é membro da Nova União e divide seu tempo entre a academia e o trabalho como Salvamar nas praias da Barra da Tijuca.

Shooto Brasil 73

Data: Domingo, 28 de maio de 2017
Horário: 20h (Ao vivo no Canal Combate)
Local: Clube Hebraica Rio
Endereço: Rua das Laranjeiras 346 – Laranjeiras, Rio de Janeiro
Venda de ingressos: R$ 100 – Academia Upper – Rua Marques de Abrantes, 96 – Flamengo/RJ

Card principal

Até 65,8kg: Thiago Manchinha (65,5kg) (Baixinho Team) x Filipe Jesus (65.8kg) (Nova União)
Até 70kg: Claudiere Freitas (70,7kg) (Retz Sitnaronghai) x Fernando dos Santos 72,9kg)* (Nova União)
Até 70kg: Ismael Bonfim (70,6kg) (Samuray Team / Cerrado MMA) x Glaucio Eliziário* (71,3kg) (Nova União)
Até 73kg: Roger Paralelepípedo (72,6kg) (Mezenga Team) x Carlão Silva (72,7kg) (Kimura Nova União)
Até 66kg: Wanderson Marinho (66,7kg) (Relma Combat) x Alexandre Lek Lek (66,1,kg) (Nova União)
Até 61kg: Vinicius Salvador (61kg) (Marcelo Ribas) x Lucas Ananias (62,1kg) (Nova União)
Até 57kg: Luan Danger* (57,5kg) (BPT) x Victor Sombra (57kg) (Nova União)
Até 59kg: Luiz Artur (59kg) (Tem Eugenio Tadu) x Kauã Fernandes (58,8kg) (Nova União)
Até 68kg: Paulo Zé Doido* (69,4kg)( Tiger´s Dem MMA) x Severo Aranha (67,8kg) (Nova União)
Até 52kg: Aline Serio (52,4kg) (DMT Team) x Amanda Torres (52,4kg) (Nova União)
Até 57kg: Carlos Mota (57,1kg) (Pr1meira) x Elves Oliveira (57,1kg) (Nova União)

Card amador

Até 70kg: Marcos Silva (69,3kg) (BPT) x Alexandre Silva (70,1kg) (Nova União)
Até 52kg: Valdirene Nogueira (51,8kg)x Michele Oliveira (51,6kg) (DJ Bros Nova União)

*Os atletas não chegaram ao peso limite das lutas e terão que doar 20% da bolsa aos oponentes



Artigos Relacionados