Shooto Brasil 64: Bruno Macaco lidera card diante de Lincoln Sá; ex-UFC faz co-luta principal

4

Evento será realizado no seu principal palco, o Clube Hebraica no Rio de Janeiro, e terá o retorno de Valmir Bidu em uma organização nacional contra Oberdan Pezão.

286062_613168_bidu_x_vick_2

Foto: Divulgação

Em sua verdadeira casa e principal palco, o Shooto Brasil 64 será realizado no Clube Hebraica, em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio de Janeiro, no dia 26 de junho. Sobem ao cage grandes nomes do MMA nacional. É o caso de Bruno “Macaco” Azevedo. Campeão mundial do XFC, na divisão dos moscas (até 56,7kg), ele protagoniza o evento diante do experiente Lincoln Sá na categoria em peso combinado de até 60kg. Na co-luta principal, Valmir Lazaro, o Bidu, retorna a um evento nacional depois de passagem pelo UFC, na categoria até 70kg, para encarar Oberdan Pezão. O Shooto Brasil 64 terá transmissão ao vivo do Canal Combate e do UFC Fight Pass, a partir das 20h (de Brasília).

“Fizemos grandes eventos já neste ano e a evolução é cada dia maior”, relata o presidente do Shooto Brasil, Dedé Pederneiras. “Montamos um card com grandes nomes do MMA brasileiro para não perder o formato e a tradição pregada pelo Shooto Brasil. Teremos lutadores com experiência em eventos internacionais. O Bruno Macaco tem um grande cinturão, o Bidu foi atleta do UFC. Ainda temos nesse card lutadores de respeito por todo o país. Teremos mais uma excelente e disputada edição”, completa.

Macaco retorna ao cage depois de conquistar cinturão mundial

Depois de se tornar campeão mundial dos moscas no XFC, ao surpreender e derrotar uma das grandes promessas brasileiras, Allan Puro Osso, na decisão unânime dos juízes laterais, Bruno Macaco retorna ao cage contra o experiente Lincoln Sá. Sem atuar desde março do ano passado, o faixa-preta de jiu-jitsu chega para protagonizar a luta principal com um cartel de 13 vitórias e somente duas derrotas. Na carreira, ele soma cinco participações na organização, com quatro vitórias e uma derrota, aos 26 anos.

Aos 34 anos, Lincoln Sá, conhecido como Cowboy, também é um velho conhecido da franquia. São oito lutas pelo Shooto Brasil, com cinco vitorias e três derrotas. Em duas oportunidades perdeu para Alexandre Pantoja, coincidentemente o mesmo adversário que derrotou Macaco na organização, em uma de suas duas derrotas no cartel. Ao todo, Lincoln tem 17 vitórias e oito derrotas. Ele vem de revés em seus últimos dois duelos.

Retorno de Bidu ao Brasil

Outra grande atração o Shooto Brasil 64 está na co-luta da noite. Ex-UFC, Valmir Bidu retorna aos ringues brasileiros depois de passagem pela maior organização de MMA do mundo. No Ultimate, Bidu perdeu duas vezes – uma para James Vick e outra para Michel Trator – e venceu uma vez, na decisão dividida contra James Krauze, no UFC 184. Das 13 vitórias que ostenta, nova foram por nocaute, o que faz do baiano um especialista na trocação.

Do outro lado do corner estará Oberdan Pezão. Natural do Amapá, Pezão é conhecido nacionalmente, mesmo com apenas 28 anos. Na carreira, já lutou 33 vezes profissionalmente, com 23 vitórias, nove derrotas e um empate. Entre seus combates, já teve Lucas Mineiro, ex-UFC também, pelo caminho, onde foi nocauteado no segundo round.

Ex-TUF e destaque completam card

Discípulo de Anderson Silva e atleta do Corinthians MMA, André “Dedé” Ricardo vem para o duelo com Julian Jabá com o peso de ter participado do TUF Brasil 4. Dedé não venceu a disputa na divisão dos leves (até 70,7kg), mas ficou conhecido por ser considerado xodó de Spider. No cartel, são quatro vitórias e uma derrota, aos 24 anos. Já Jaba, da respeitada academia Renovação Fight Team, já soma 30 lutas e venceu 14.

Um dos destaques da Nova União, Glaucio Eliziário, o Salvamar, aparece no card depois de ganhar destaque, assim como Bruno Macaco, no XFC. Na organização, ficou com o segundo lugar do GP dos leves, ao perder para Natan Schulte. O carioca busca a recuperação diante de Renan Leal, já que vem de derrota no próprio Shooto, na edição 58, em outubro do ano passado para Joaquim Polônia. Na carreira, são seis vitórias e somente dois reveses.

Shotoo Brasil 64

Data: Domingo, 26 de junho de 2016
Horário: 19h (Ao vivo no Canal Combate e no UFC Fight Pass)
Local: Clube Hebraica Rio
Endereço: Rua das Laranjeiras 346 – Laranjeiras, Rio de Janeiro
Venda de ingressos: R$ 100 – Academia Upper – Rua Marques de Abrantes, 96 – Flamengo/RJ

Card de lutas

Até 60kg*: Lincoln Sá (Art Combat) vs Bruno “Macaco” Azevedo (Nova União)
Até 70kg: Oberdan Pezão (Ronildo Nobre) vs Valmir “Bidu” Lazzaro (Nova União)
Até 66kg: Alexandre Lelek (Nova União) vs Leonardo “Kazuya” Limberguer (Rizzo VT)
Até 70kg: Renan Leal (Elite Art Combat) vs Glaucio “Salvamar” Eliziário (Nova União)
Até 70kg: Adriano Coiote (DTM Team) vs Carlão Silva (Kimura Nova União)
Até 77kg: Julian Jabá (RFT) vs André “Dedé” Ricardo (Corinthians MMA)
Até 61kg: Luan Danger (Beto Padilha Team) vs Mauricio Buda (Nova União)
Até 66kg: Wagner Peão (Cristiano Titi) vs Jackson Samurai (Kimura Nova União)
Até 84kg: Fransuir “Bodinho” Barroso (Nova União) vs Jean Pankeka (Evolução Thai)
Até 64kg*: Rudson (Tatá Fight Team) vs Fiuri Ribeiro (Nova União)
Até 68kg*: John David (Corinthians MMA) vs Felipe Jesus (Nova União)
Até 66kg: A definir vs Leandro Gomes ((Nova União Caruaru)
Até 61kg: Dylan Nascimento (Beto Padilha Team) vs Lucas Cardoso (Penka Team)

*peso combinado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here