Ronaldo Jacaré passa por cirurgia no peitoral

27

310868_700322_whatsapp_image_2017_04_28_at_14.04.14

Lutador foi submetido a procedimento cirúrgico por rompimento total do tendão do músculo peitoral nessa quinta-feira, dia 27; procedimento foi realizado com sucesso

Um dos principais representantes do Brasil no MMA na atualidade, Ronaldo Jacaré passou por cirurgia na manhã dessa quinta-feira, dia 27 de abril, no hospital Vitória, Zona Oeste do Rio de Janeiro, para corrigir ruptura total do tendão do músculo peitoral maior direito. O procedimento cirúrgico foi conduzido pelo Dr. Rickson Moraes acompanhado pelos também ortopedistas Dr. Alexandre Campello e Dr. Martim Monteiro, durou cerca de duas horas e meia e foi realizado com sucesso. Agora, o atleta passará por observação e repouso, seguindo para fisioterapia sob os cuidados da fisioterapeuta Jackeline Figueiredo.

Durante a luta contra Robert Whittaker, no último dia 15, Jacaré sentiu forte dores no local. Na volta para o Rio de Janeiro, após ressonância magnética feita para avaliação do Dr. Rickson Moraes, o exame apontou ruptura completa do tendão do músculo do peitoral maior direito do lutador, o que ocasionou em perda quase que total de força durante o recente combate. Após confirmação do diagnóstico, a cirurgia foi definida como melhor solução para a lesão do atleta.

“Junto com o Dr. Rickson, decidi pela cirurgia para curar essa lesão de uma vez por todas. Estou me sentindo aliviado. Já estou me recuperando bem, e agora darei um passo de cada vez até voltar aos treinos e ao octógono. Em breve estarei de volta, ainda mais forte e ainda com mais fome de luta, fome de vitórias”, avisou Ronaldo Jacaré.

Médico explica o procedimento cirúrgico

Médico ortopedista especialista em ombros, Dr. Rickson Moraes foi o responsável pela cirurgia do lutador. Ele detalhou a operação realizada. “O Jacaré me relatou dor durante sua última luta, além da perda importante da força no membro superior. Esse tipo de lesão, ruptura completa do tendão do músculo do peitoral, geralmente, ocasiona em perda de 75% da força. Isso dificulta os movimentos de luta, como afastar o oponente, entre outros. Esse grau de perda de força é muito relevante quando se trata de atletas de alto rendimento, principalmente quando falamos de atletas com a potência muscular e vigor físico do Jacaré. Na última terça-feira, realizamos uma ressonância magnética que confirmou a lesão, então decidimos pela cirurgia. Ocorreu tudo bem com o procedimento, realizado em caráter de urgência. Reinserimos novamente o tendão no osso e reforçamos a região com enxerto. O Jacaré ainda ficará em observação, com o braço imobilizado na tipóia. Esperamos que ele esteja liberado para iniciar a fisioterapia em breve”.

Não há definição de período para a volta de Ronaldo Jacaré aos treinos. O que definirá o prazo será a reação do atleta durante o processo de cicatrização da cirurgia e recuperação durante a fisioterapia.

Sobre Ronaldo Jacaré

Natural de Vila Velha, no Espírito Santo, e radicado em Manaus, capital do Amazonas, Ronaldo Souza, o Jacaré, iniciou sua trajetória nas artes marciais aos 17 anos, em treinos de judô e jiu-jitsu. Na arte suave, conquistou o mundo em 2003, mesmo ano de estreia no MMA profissional, quando ainda era faixa-marrom na modalidade. Nos tatames, é pentacampeão mundial, além do título do ADCC em 2005. Nos cages, conquistou o título peso-médio (até 83,9kg) do extinto Strikeforce, em 2010, seguindo para o UFC em 2013. Aos 37 anos, Jacaré registra um cartel profissional de MMA com 30 lutas, sendo 24 vitórias, cinco derrotas e uma luta decidida em No Contest (sem vencedor).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here