Vem Na Mão | Uma porrada de notícias sobre o mundo MMA

Voltar ao topo

Notícias

Por história no MMA, Tiagão Cardoso promete impor seu jogo para ser campeão do Aspera

Lutador de natural Agudos, no interior de São Paulo, faz duelo principal em Barueri contra Junior Baby pelo título até 120kg.

283331_603811_baby_x_tiago

Foto: Divulgação

O duelo que vai encabeçar o card com 32 lutas do Aspera FC 38, nesta sexta-feira, dia 27, em Barueri, na Grande São Paulo, será pelo cinturão da divisão até 120kg. E o adversário de Junior Baby será o jovem Tiago Cardoso, o Tiagão. Invicto na carreira, aos 26 anos, com seis lutas e seis triunfos, ele promete impor o seu jogo, como fez em todos os combates da carreira, para chegar a invencibilidade. Dos triunfos, quatro foram por nocaute.

“Sou da luta em pé e meu jogo está preparado. Vou impor ele dentro do cage. Estou preparado para todas as áreas, já ganhei finalizando também e por isso sei que posso sair vencedor. Quem errar menos, fica com esse título. Vou trabalhar minha especialidade, mas se o Junior Baby tentar outro campo, estou pronto para isso”, afirma o lutador, que já sonha com o título da divisão:

“Cinturão vai ser uma conquista pela qual trabalhei. Estou focado nestes treinamentos e só almejo isso. Quero ser campeão. Estar em evento do porte do Aspera me faz sonhar ainda mais. Na luta principal então, mostra que meu valor foi reconhecido. Se eles me viram tenho que mostrar o porque cheguei aqui. Será maravilhoso ser campeão de um evento deste nível”, opina.

Natural de Agudos, cidade do interior de São Paulo, próxima à Bauru, onde realiza seus treinamentos, Tiago Cardoso precisou superar dificuldades para atingir este patamar nas artes marciais. Ele lembra que passou dificuldades na infância e no início dos treinamentos para se tornar profissional,.

“Sou de Agudos. Nossa equipe tem academia nas duas cidades e agradeço muito a eles, principalmente meu mestre Emerson Saez. Graças a equipe, superei uma infância difícil e outras batalhas que a vida me deu. Devo muito a ele. Foi em um projeto social que conheci essa referência”, conta.

O início nas artes marciais foi ainda na cidade em que nasceu. Lá, Tiagão passou por outras modalidades até encontrar o MMA como foco de sua vida.

“Iniciei na capoeira e depois fui para o jiu-jitsu. Depois que conheci meu mestre, ele foi o grande incentivador para entrar no MMA. Topei e tudo está dando certo. Sempre sonhei em ser campeão de grandes organizações e agora tenho a chance em uma das maiores do Brasil e do mundo”, comenta.



Artigos Relacionados