Natal Shopping recebe pesagem oficial do 1º Round Combat nesta quinta-feira

5
Foto: Divulgação
Está chegando a hora! Falta muito pouco para a segunda edição do 1º Round Combat e os lutadores já estão em Natal para sentir o clima do evento que está marcado para sexta-feira, às 19h, no ginásio Nélio Dias. Nesta quarta-feira, alguns deles participaram do treino aberto realizado na área externa do estacionamento do Natal Shopping e chamaram atenção de quem passou pelo local ou pela passarela da BR-101. A pesagem oficial está marcada para quinta-feira, às 19h, também no Natal Shopping, e é aberta ao público. 
Com um cartel de nove lutas e nove vitórias, o potiguar Felipão Dantas encara o conterrâneo Caião Alencar no evento principal. Atleta da Evolução Thai, de Curitiba, ele disse que precisou refazer a estratégia para a superluta devido à mudança de adversário – Fábio Maldonado, ex-UFC, alegou uma lesão na lombar no fim de semana e saiu do card.
“Eu quero dar um show. Estou bem treinado. Treinei para enfrentar o Fábio Maldonado em cinco rounds e espero dar o meu melhor assim como em todas as lutas que fiz. O Caião é um cara do jiu-jitsu. Ele vai querer me agarrar. Não vai querer trocar porrada. Eu acredito que seja assim. Como treinei muita porrada para o Fábio Maldonado, minha estratégia mudou totalmente. Vou ter que defender mais a queda e tentar a luta em pé”, conta Felipão.
Felipe Silva, da Pitbull Brothers, quer o primeiro cinturão da carreira. Especialista de jiu-jitsu, ele enfrenta o cearense Tarciano “Pintinho” x Felipe Silva pelo título dos pesos-mosca (até 57 kg). O potiguar afirmou estar “200% melhor do que em 2013, quando lutei pelo cinturão de outro evento e perdi”.
“A preparação está bem melhor do que a última luta que fiz, há 25 dias. Entrei no card do 1º Round Combat há uma semana e estou preparado para o cinturão ficar em Natal. Meu adversário tem um muay thai bom, defende bem queda. Eu sou do jiu-jitsu, mas vou para a trocação”, declarou o lutador de 26 anos. 
Força feminina
A pernambucana Elaine Albuquerque, da Kimura Nova União de Alagoas, luta MMA há quatro anos, mas já tem bastante experiência. Ela se disse pronta para tomar o cinturão das pesos-galo (até 61 kg) da carioca Juliana Velasquez, da Team Nogueira. Presente ao treino aberto, Elaine ainda revelou que não teve dificuldade para superar a briga com a balança. “Estou me sentindo muito bem fisicamente e psicologicamente. Tenho me preparado bastante para essa luta e quero tomar este cinturão. O peso está tranquilo porque eu venho perdendo há alguns dias. Com relação a isso, estou sem sofrer”, falou.
A atleta de 30 anos revelou que não costuma ver as lutas da adversária e deixa essa missão para os treinadores. “Normalmente, eu não olho a adversária. Eu passo os vídeos para os meus corners, eles avaliam, passam a estratégia e eu vou seguindo”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here