Michael Bisping nocauteia Luke Rockhold e é o novo campeão dos médios do UFC

11

Dominick Cruz domina Urijah Faber e mantém o título dos galos.

INGLEWOOD, CA - JUNE 04: Michael Bisping of England celebrates after his first round knockout win against Luke Rockhold in their UFC middleweight championship bout during the UFC 199 event at The Forum on June 4, 2016 in Inglewood, California. (Photo by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Foto: Josh Hedges

O UFC tem um novo campeão dos médios! Michael Bisping surpreendeu o mundo e nocauteou Luke Rockhold ainda no primeiro round na luta principal do UFC 199. O inglês, que teve apenas 17 dias para se preparar para o combate, aproveitou o bom momento durante o duelo e acertou um cruzado de esquerda no norte-americano, que sentiu e foi a knockdown. Bisping então foi para cima, acertou outro cruzado de esquerda, derrubou novamente Rockhold e finalizou o duelo no ground and pound com Rockhold já desacordado e realizou o sonho de ser o dono do cinturão do Ultimate na primeira chance que teve de lutar pelo título após 10 anos lutando pela organização.

“Escutem, tenho que ser humilde: obrigado a todos por estarem aqui. Eu sempre fui lutador, sou um cara normal, e esse é meu sonho. Ninguém nunca tiraria isso de mim! Eu aceitaria essa luta com duas semanas, dois dias, dois minutos de aviso. A todos que diziam que eu não tinha poder de nocaute, eu nocauteei este cara no primeiro round. Estou muito feliz, é o dia mais feliz da minha vida”, comemorou Bisping.

Cruz domina Faber e mantém o cinturão dos galos

Na primeira disputa de cinturão da noite, Dominick Cruz teve uma performance dominante e derrotou Urijah Faber por decisão unânime, mantendo o título dos campeão dos galose finalizando a trilogia contra seu rival com duas vitórias. “Ele é duro, mas não estou surpreso. Ele já foi campeão antes, todo mundo aqui é duro, mas eu estou pronto para lutas de cinco rounds”, disse o campeão.

Cruz lutou bem ao seu estilo, utilizando o jogo de pernas e recorrendo ao wrestling quando necessário, enquanto Faber buscava acompanhar o campeão na trocação e no solo. Após um primeiro round equilibrado, o campeão começou a impor seu jogo, especialmente após conectar um cruzado de esquerda no queixo de Faber, que caiu mas mostrou ótima recuperação e se levantou rapidamente. Os outros rounds foram uma repetição do segundo, com Cruz dominando as ações e Faber não conseguindo acompanhar o ritmo. Esta foi a 12ª vitória consecutiva do norte-americano como campeão dos galos, que agora está empatado em quinto lugar com Daniel Cormier e Georges St-Pierre no número de defesas bem sucedidas se juntarmos o UFC, WEC, PRIDE e Strikeforce.

Na luta de abertura do card principal, Dustin Poirier manteve a boa fase e nocauteou Bobby Green mostrando a força de seus punhos desde o início do combate. O lutador não caiu nas provocações de seu oponente e acertou um direto fortíssimo em Green, que apagou. Entre os penas, Max Holloway mostrou o por que é um dos atletas mais empolgantes da categoria e venceu Ricardo Lamas com autoridade por decisão unânime.

Finalizando o card, o veterano Dan Henderson sobreviveu a um verdadeiro massacre de Hector Lombard no primeiro round, sofrendo dois knockdowns, e finalizou o duelo com uma cotovelada no segundo assalto. O norte-americano teve seu chute segurado pelo cubano, mas em seguida acertou o cotovelo na têmpora de Lombard, que caiu desacordado. Ainda deu tempo de Hendo acertar outra cotovelada fortíssima no rival antes do árbitro interromper o combate.

Confira os resultados:

CARD PRINCIPAL
Michael Bisping derrotou Luke Rockhold por nocaute no primeiro round
Dominick Cruz derrotou Urijah Faber por decisão unânime (50-45, 50-45, 49-46)
Max Holloway derrotou Ricardo Lamas por decisão unânime (triplo 30-27)
Dan Henderson derrotou Hector Lombard por nocaute no segundo round
Dustin Poirier derrotou Bobby Green por nocaute no primeiro round

CARD PRELIMINAR
Brian Ortega derrotou Clay Guida por nocaute técnico no terceiro round
Beneil Dariush derrotou James Vick por nocaute no primeiro round
Jéssica Andrade derrotou Jessica Penne por nocaute técnico no segundo round
Alex Caceres derrotou Cole Miller por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27)
Sean Strickland derrotou Tom Breese por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
Henrique Frankestein derrotou Jonathan Wilson por nocaute técnico no segundo round
Elvis Mutapcic e Kevin Casey empataram por decisão majoritária (29-28, 28-29 e 28-28)
Polo Reyes derrotou Dong Hyun Kim por nocaute no terceiro round

Via: UFC

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here