Max Fight 18: Amanda Ribas e De Assis sagram-se campeões com nocaute e finalização

15

Amanda (dir.) nocauteou Jennifer Gonzales

Foto: Alexandre Valle

O Max Fight 18, realizado na noite deste sábado (21), em Varginha, Minas Gerais, consagrou dois novos campeões da organização. Na categoria do peso-mosca feminino (até 57kg), a mineira Amanda Ribas deu show e conquistou o título após nocaute sobre a chilena Jennifer Gonzales. Quem também fez bonito foi o amazonense Francisco De Assis, que finalizou Júnior Maranhão e ficou com o cinturão dos pesos-galos (até 61kg).

A luta principal, entre Amanda Ribas e Jennifer Gonzáles, começou agitada. Depois de cair por baixo em uma tentativa de queda mal sucedida, a brasileira mostrou toda a sua habilidade no jogo de chão e quase finalizou a rival com uma chave de braço. O combate retornou em pé e a brasileira seguiu em vantagem e acertou os melhores golpes. Já o segundo assalto foi relâmpago. Logo no início, conseguiu uma bela queda sobre a chilena e caiu montada. Na sequência, emendou uma série violenta de socos, interrompida pelo árbitro aos 42 segundos.

No segundo duelo mais aguardado da noite, Francisco De Assis foi superior do
início ao fim. Com socos e chutes violentos contra o rival, o amazonense poderia ter nocauteado no primeiro round. Mas a vitória chegou na etapa seguinte por finalização. De Assis encaixou um katagatame justíssimo no rival, que nada pôde
fazer.

Outros destaques da noite foram os lutadores Felipe Nilo, que retornou após dois anos de inatividade e superou Élder Bebê Monstro, por decisão dividida. O atleta Vinicius Salvador também teve uma das melhores atuações do evento, demonstrando muita habilidade no jogo em pé e nocauteando Diogo Hannibal.

Confira os resultados completos do Max Fight 18:

Ewerton Ferreira venceu Stefano Colossus por decisão unânime;
Eduardo Torres venceu Gustavo José Aldo por finalização, aos 3m31s do 2R;
Hermison Oliveira venceu Fábio Pacheco por decisão unânime;
Cassio Arduini venceu Arthur Vieira por nocaute técnico, aos 1m36s do 1R;
Vinicius Salvador venceu Diogo Hannibal por nocaute técnico, aos 3m55s do 1R;
Flavio Merrão venceu Armando Polêmico por nocaute, aos 32s do 1R;
Felipe Nilo venceu Elder Bebê Monstro por decisão dividida;
Natan Schulte venceu Henerson Neném por decisão unânime;
Rodrigo Cavalheiro venceu Cassiano Tyschyo por nocaute técnico, aos 1m23s do 1R;
Dil Furacão venceu Diego Gaúcho por nocaute técnico, aos 2m18s do 2R;
Francisco De Assis venceu Júnior Maranhão por finalização, aos 3m31s do 2R;
Amanda Ribas venceu Jennifer Gonzales por nocaute técnico, aos 42s do 2R.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here