Imortal FC 5 terá disputa de GP peso-mosca por contrato com Pancrase

8

João Alicate, Diego Santos, Rogério Bontorin e Ivonei Pridonik disputam torneio de duas lutas na mesma noite em card com Wendell Negão e despedida de Wagner Galeto.

BELO HORIZONTE, BRAZIL - JUNE 23:   (L-R) Wagner "Galeto" Campos kicks Marcos Vinicius "Vina" during their UFC 147 featherweight bout at Estadio Jornalista Felipe Drummond on June 23, 2012 in Belo Horizonte, Brazil.  (Photo by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Foto: Divulgação UFC

No sábado, dia 23 de julho, em São José dos Pinhais, no Paraná, o Imortal FC chega à sua quinta edição com um dos melhores cards do ano e um grande atrativo internacional: quatro atletas disputam um GP peso-mosca (até 57kg), de duas lutas na mesma noite, valendo contrato de três lutas com o Pancrase, organização japonesa e uma das maiores do cenário mundial. O quarteto será composto por João Alicate, Diego Santos, Rogério Bontorin e Ivonei Pridonik, revelações do MMA no Sul do Brasil.

Completam o card principal da noite os ex-lutadores do UFC Wendell Negão e Wagner Galeto, que encaram Gilmar Manaus e Rafael Baraka, respectivamente. O Imortal FC 5 terá transmissão ao vivo das sete lutas principais no Esporte Interativo para todo o Brasil e pelo Go Fight Live, na internet, a partir das 21h (de Brasília), para mais de 150 países do mundo.

“Essa parceria com o Pancrase vem para somar e fincar a bandeira e o nome do Imortal para todo o mundo”, comemora o presidente do Imortal FC, Stefano Sartori. “Em jogo, o contrato de três lutas com um dos maiores eventos do mundo. Todos os quatro atletas que estão na briga são credenciados a esse título e a representar com maestria o país na Ásia. Essa é a ideologia do Imortal: revelar talentos e se consolidar como um dos maiores eventos do Brasil e do mundo” completa.

Atletas do Sul pelo contrato no Japão

Desde os primórdios do vale-tudo, lutar no Japão é um sonho dos amantes das lutas. Foi na Terra do Sol Nascente que o esporte ganhou notoriedade com participação de grandes nomes em verdadeiras batalhas dentro do cage. Pelo Pancrase já passaram reconhecidos lutadores como Josh Barnett, Jose Aldo, Riki Fukuda, Bas Rutten, Ken Shamrock, Chael Sonnen, Carlos Condit, entre muitos outros notáveis. Agora, quatro brasileiros entram em rota de colisão pelo sonho de fazer parte da organização.

Na primeira semifinal da noite, que abre o card principal, os parananenses João Alicate e Diego Santos disputam a vaga na decisão. Natural de Curitiba, Alicate entra no cage representando a Combate Absoluto. Com apenas 21 anos de idade e um cartal de nove vitórias e duas derrotas, o curitibano tenta se recuperar de sua estreia no IFC, quando foi derrotado por Jardel Evangelista em uma luta de tirar o fôlego. Do outro lado, Diego, mais experiente, já aos 33 anos, tem dez vitórias e seis derrotas no cartel, e vem de vitória no Imortal FC 4, quando derrotou Shyudi Yamauchi na decisão unânime dos jurados.

Na segunda luta do card principal, o também paranaense e natural de Colombo, Rogério Bontorin, chega como favorito ao título, já que está invicto na carreira. Com 24 anos e oito vitórias, sendo sete por finalização, o atleta da Gille Ribeiro Team/Noguchi Team faz seu primeiro confronto na organização já sonhando com o contrato no Japão.

“Sei da importância de estar no Imortal e ainda da oportunidade em ter contrato com o Pancrase. Todo lutador sonha em fazer um duelo no Japão e o Imortal vai me abrir essa porta. Vou entrar no cage e dar minha vida para ser campeão. Respeito todos os rivais, mas quero essas três lutas no Pancrase”, afirma Bontorin.

Único dos quatro na disputa de fora do Paraná, Ivonei Pridonik tem seis de suas oito vitórias profissionais por finalização, equiparando-se com o bom desempenho na luta de solo de Bontorin. Representante da Team Nogueira Joinville/Sigma Team, o catarinense perdeu cinco vezes na carreira e sabe que este será seu desafio mais importante.

“Conheço todos os rivais e sei que são bons lutadores. Primeiro preciso vencer o Rogério que está invicto e é muito forte. Estudei bem o seu jogo e vou para sair com a vitória. Esse contrato com o Pancrase é um sonho para minha carreira e não vou desperdiçar essa oportunidade. Estou pronto pra fatura o GP”, garante.

Ex-UFC, Galeto se despede dos ringues

Além de nomear um campeão do GP, o Imortal FC 5 marcará também a despedida dos cages de um marcante nome do MMA nacional. Atleta de Curitiba, Wagner Galeto, com passagem pelo UFC, fará sua última luta na carreira. Aos 34 anos, ele quer dedicar seu tempo às competições de jiu-jitsu, sua especialidade, e à carreira de treinador.

“Para competir em alto nivel, é preciso se dedicar 100% e não consigo mais focar só no MMA. Vou focar como treinador, tenho muito garoto promissor que posso ajudar. Me concentrar em uma coisa só é o certo, para fazer bem feito e não olhar para várias e fazer tudo pela metade. Espero me despedir com show para todos que sempre estiveram ao meu lado”, comenta o veterano, que encara Rafael Baraka na divisão até 66kg.

Negão sonha com volta ao Ultimate

Também veterano e ex-UFC, Wendell Negão fará a co-luta da noite contra Gilmar Manaus. Diferentemente de Wagner, ele acredita que ainda tem muito a conquistar na carreira, e se sente em grande forma aos 33 anos.

“Pretendo viver muito da luta ainda. Quero e vou mostrar muita coisa. Não penso em parar. Estou com 33 anos e tenho muita lenha para queimar. Não pretendo desistir cedo, sei que ainda posso ir longe no MMA. Um dia, quero estar no UFC de novo para mostrar meu potencial”, diz.

Imortal FC 5 – Road to Pancrase
Local: Ginasio Max Rosenmann – São José dos Pinhais (PR)
Data: Sábado, 23 de julho, a partir das 16h
Transmissão: Esporte Interativo e Go Fight Live – a partir das 21h (de Brasília)

Card Principal

FINAL DO GP ATÉ 57KG
Até 77kg: Wendell Negão (25-10) x Gilmar Manaus (26-14)
Até 66kg: Wagner Galeto (12-9) x Rafael Baraka (9-3)
Até 73kg: Killys Mota (7-0) x João Carvalho (5-0)
Até 73kg: Thiago Bel (16-4) x Thiago Natã (8v 4d)
Até 57kg: Rogerio Bontorin (8-0) x Ivonei Pridonik (8-5) – Semifinal GP
Até 57kg: João Alicate (9-2) x Diego Santos (11-6) – Semifinal GP

Card Preliminar
Até 57kg: Cristiano Pequeno (5-0) x Paulo Bandido (6-2)
Até 77kg: Wellington Turman (10-1) x Dyego Roberto (13-10)
Até 61kg: Magnum Max (7-3) x Ewerton Blitzkow (9-4)
Até 66kg: Gustavo Wurlitzer (16-15) x Diego Silva (8-7)
Até 70kg: Ewerton Toniazzo (4-3) x Edinelson Alemao (6-5)
Até 70kg: Antonio Nego (6-2) x Lucas Batschauer (1-2)
Até 66kg: Luiz Killer (4-0) x Diego Silverio (2-0)
Até 57kg: Paulo Brincalhão (3-2) x Eduardo Wellington (4-8)
Até 70kg: Dhouglas Puma (1-0) x Paulo Russo (0-0)

Card Kickboxing
Até 65kg: Jordan Kranio (10-0, Imortal FC GP Champion) x Guilherme Jab (8-0)
Até 65kg: Diego Shaolin (1-1) x John Wesley (0-2)
Até 65kg: Vilmar Correia (2-1) x Felipe Holand (1-1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here