FLC 3: Josiel Silva fica com cinturão dos pesos-galos em evento repleto de nocautes e finalizações

24

Brunno Pedra e Micael Villagra (dir) fizeram o duelo mais equilibrado

Antônio Marco/Cufa (Divulgação)

A 3ª edição do FLC reservou emoções de sobra para as mais de 2 mil pessoas que compareceram à quadra da Cufa, no viaduto Negrão de Lima, em Madureira, nesta sexta-feira, 2. Das 11 lutas realizadas, apenas duas foram para a decisão dos juízes. De resto, pode-se ver um show de nocautes e finalizações. Destaques para o amazonense Josiel Silva, de Coari, que ficou com o cinturão dos pesos-galos (até 61kg), e Ugo Monstro, de Itaboraí, protagonista do duelo mais emocionante da noite.

Apesar da felicidade pelo título, Josiel não deixou o ringue satisfeito com sua atuação. O amazonense ficou com o cinturão após seu adversário Luan Danger ser desclassificado por conta de um golpe irregular. Luan levava vantagem no duelo quando acertou uma joelhada no rosto de Josiel no momento em que ele estava sentado de costas na grade.

“Estou muito feliz com essa conquista, é uma honra ser o primeiro campeão do FLC. Claro que teria sido melhor para todos se tivesse sido de outra forma, mas de qualquer maneira eu sou merecedor por tudo que fiz até aqui”, afirmou Josiel.

Já no melhor duelo da noite, Ugo Monstro deu um exemplo de superação e virou uma luta que parecia perdida contra Lucas Perizinho. Depois de ser castigado nos três primeiros minutos do primeiro round, Ugo foi para o tudo ou nada e encaixou uma sequência de socos avassaladora sobre Perizinho, que não resistiu e caiu nocauteado, no minuto final do assalto. O reconhecimento veio dos torcedores, que ficaram de pé e aplaudiram muito os dois atletas.

Outros destaques do FLC 3 foram as vitórias relâmpagas de Rafael Apocalipse e Alessandro Neko sobre Aelson Baiano e Rodrigo Paulino, respectivamente. O primeiro, que fazia sua estreia profissional no MMA, finalizou o adversário com um triângulo de mão, aos 1m07s de luta, enquanto o outro nocauteou o rival em apenas 42 segundos, após um chute potente na linha de cintura.

Confira os resultados completos do FLC 3:

Josiel Silva venceu Luan Danger por declassificação, aos 3m39s do 1R;
Rafael Apocalipse venceu Aelson Baiano por finalização, aos 1m07s do 1R;
Ugo Monstro venceu Lucas Perizinho por nocaute, aos 4m11s do 1R;
Micael Villagra venceu Brunno Pedra por nocaute técnico, aos 1m24s do 3R;
Adailton Silva venceu Alan Bruno por nocaute técnico, aos 2m31s do 2R;
Paulo Martelo venceu Rodrigo Bulldog por decisão unânime;
Cristiano Greco venceu José Milton por desistência no final do 2R;
Nico Berna venceu João Gilberto por decisão dividida;
Kleidison Rodrigues venceu Dyllan Nascimento por finalização, aos 2m04s d 1R;
Arthur César venceu Deydivan Madureira por finalização, aos 1m13s do 1R;
Alessandro Neko venceu Rodrigo Paulino por nocaute técnico, aos 42s do 1R.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here