Dominick ‘descarta’ revanche para TJ e mira superluta com Aldo ou Johnson

22

1

Foto: Divulgação

Dominick Cruz, atual campeão peso-galo do Ultimate, espera que o seu próximo adversário proporcione aos fãs uma superluta. “The Dominator”, que possui um incrível cartel de 22 vitórias e somente uma derrota no MMA, rejeita ceder uma revanche para TJ Dillashaw, no qual venceu em janeiro deste ano, em uma decisão dividida dos jurados. No entanto, o atual dono do cinturão alega que, com “75%” de sua preparação, levou a melhor sobre o ex-pupilo de Urijah Faber.

José Aldo é um dos alvos de Dominick Cruz para uma superluta futuramente (Foto: Getty Images)
Sendo assim, querendo fazer lutas mais atraentes para o público, Dominick mira um duelo com José Aldo, que conquistou o título interino dos penas, no último sábado (9), contra Frankie Edgar, no UFC 200. O campeão reiterou que não quer lutar contra TJ e a ida de Conor McGregor, campeão linear da divisão, para a revanche com Nate Diaz, duas categorias acima, no UFC 202, pode abrir uma brecha para uma superluta contra o brasileiro.

“Eu realmente não me importo com ele (Dillashaw). Há tantas outras lutas que são extremamente importantes. Há a categoria dos penas. Entre o cinturão interino (que pertence a José Aldo) e “Notorious” (Conor McGregor). Quem sabe? Notorious pode se machucar depois desta luta com Diaz e ficar de fora por 6 ou 7 meses e, em seguida, eles precisam de alguém para lutar pelo título interino. Estou disposto a ir lá e lutar pelo título mundial interino e trazer dois cinturões. Por quê não? Para os penas, eu faria isso num piscar de olhos. Isso é um muito mais divertido, muito maior uma luta dessa do que qualquer coisa perto do T.J. Dillashaw”, comentou o lutador ao podcast “5 round”, da “ESPN” americana.

Além de ter o fato de conquistar dois cinturões, Cruz também colocou outro importante nome do Ultimate em seu radar: o atual campeão dos moscas e primeiro no ranking dos lutadores peso-por-peso do UFC, Demetrious Jonhson. Os dois atletas lutaram em 2011, onde Dominick venceu por decisão unânime dos jurados. Agora, em categorias diferentes, “Mighty Mouse” é campeão indiscutível em sua divisão. Isso, sem dúvida, é uma motivação a mais para Dominick.

“Outra luta que poderia ser bem interessante seria com Demetrious Johnson. Ele precisa se desafiar para vir lutar comigo, enquanto eu bato nele por cinco rounds novamente, para provar que eu sou o melhor lutador peso-por-peso do planeta. Eles estão dizendo que ele é o número 1 peso-por-peso, melhor agora, antes de eu vencê-lo por cinco rounds. Então, essa luta contra ele faz sentido também. Há outras lutas, mas agora, para mim, o cara que vocês estão falando (Dillashaw), quem é esse?”, encerrou Cruz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here