Vem Na Mão | Uma porrada de notícias sobre o mundo MMA

Voltar ao topo

Notícias

Com retorno de Allan Puro Osso e disputa de cinturão feminino, Aspera FC 42 chega a Cosmópolis

Invicta na carreira, VIviane Sucuri encara Carolina Karasek pelo título inaugural dos palhas; atleta da Chute Boxe Diego Lima retorna a um evento nacional.

290606_627469_289167_623103_gas_5137

Foto: Gaspar Nobrega

Neste sábado, dia 6 de agosto, acontece o Aspera FC 42, no Ginásio Antônio Damiano, em Cosmópolis, a 115km de São Paulo, com disputa de cinturão feminino e o retorno de um grande nome do MMA nacional. No cage, Viviane Sucuri, invicta na carreira com dez vitórias, encara Carolina Karasek pelo cinturão inaugural dos palhas femininos (até 52kg). No card principal, Allan Puro Osso volta a um evento nacional depois de pouco mais de um ano contra Patrique Tavares, na divisão até 57kg. E na pesagem desta sexta-feira, na sede do Team Nogueira, em Campinas, os atletas não tiveram problemas para atingir o peso limite de suas categorias e estão prontos para o combate.

“Quando monta-se um card do Aspera tem que pensar com cuidado e escolher os melhores que temos no cenário nacional. E foi assim que montamos esse Aspera FC 42. Traremos ao público uma luta muita esperada com duas grandes lutadores e teremos uma nova campeã. Tanto a Sucuri como a Carol prometem um show. Isso sem contar com o retorno do Allan, um lutador conhecido e atleta de umas das melhores escolas de MMA do mundo. Vai ser de arrepiar”, celebra o presidente do Aspera FC, Marcelo Brigadeiro.

O evento ainda trará na co-luta principal da noite um duelo de invictos na divisão até 93kg, entre Leonardo Cabeção e Tico Silva. O Aspera FC 42 contará com 19 lutas, com os oito duelos do card principal em transmissão ao vivo pelo Esporte Interativo, a partir das 20h (de Brasília).

Sucuri busca mais um cinturão

Campeão mundial do XFC depois de vencer Vanessinha Guimarães, atleta da CM System, Viviane Sucuri retorna aos cages buscando mais um cinturão em sua curta carreira, porém mais do que vitoriosa. Aos 22 anos, a cearense venceu todos os seus dez duelos que fez na carreira e aparece como uma das grandes revelações do MMA nacional. Dos triunfos, quatro foram por nocautes e quatro na decisão dos juízes laterais, com duas finalizações.

Do outro lado, também com o sonho de conquistar este cobiçado cinturão, estará Carolina Karasek, atleta da Spartacus e natural de Harmonia, no Rio Grande do Sul. Com cinco vitórias e uma derrota, Carol quer usar a experiência para ficar com o título. Aos 35 anos, a gaúcha nocauteou duas rivais e finalizou outras três para construir seu cartel.

Allan Puro Osso encara carioca

Pupilo de Diego Lima, parceiro de treinos de Felipe Sertanejo, Lucas Mineiro e Thomas Almeida. É com essa bagagem que Allan Puro Osso (14-3) volta aos ringues depois de pouco mais de um ano afastado para encarar o carioca Patrique Tavares (9-3) pela divisão até 57kg, na terceira principal luta da noite. Puro Osso é considerado um dos grandes nomes do MMA brasileiro e chegou a disputar o cinturão mundial dos moscas do XFC, quando foi surpreendentemente derrotado por Bruno Macaco. Depois do combate, em março de 2015, Allan viajou para o Japão para lutar no Rizin, porém a luta foi cancelada já no outro lado do mundo, porque seu rival Yuki Motoya não atingiu o peso limite. Apesar de estar em uma das maiores escolas de muay thai do mundo, Puro Osso venceu 12 duelos por finalização e é um especialista na arte suave.

Assim como o paulistano, Patrique tem no jiu-jitsu sua grande arma para vencer o confronto, já que venceu sete dos nove duelos no solo.

Invictos e nocauteadores na co-luta

No co-main event, os invictos Leonardo Cabeção (6-0) e Tico Silva (4-0) também batem de frente em duelo entre meio-pesados nocauteadores. Para completar o card principal, Gustavo Erak e Antônio Muita Luz fazem uma revanche após um confronto polêmico em 2014. Na ocasião, Erak aplicou um knockdown em Muita Luz, que cortou a cabeça no cage e não pôde continuar no duelo devido ao corte.

Após sua história de sua gravidez inesperada rodar o mundo, a agora mãe Kinberly Novaes encara Bianca Sattelmayer – a única que ficou acima do peso limite em toda a pesagem e começa o duelo com um ponto a menos – em seu retorno ao MMA

Aspera FC 42: Sucuri x Karasek

Data: Sábado, 6 de Agosto, a partir das 16h
Local: Ginásio Antônio Damiano, Cosmópolis, São Paulo
Transmissão: Esporte Interativo, a partir das 20h (de Brasília)

Luta principal – Disputa de cinturão até 52kg
Viviane Sucuri (Dragon Kombat) x Carolina Karasek (Spartacus)

Card Principal
Até 93kg – Leonardo Cabeção (China Team) x Tico Silva (Hard Fights)
Até 57kg – Allan Puro Osso (Chute Boxe Diego Lima) x Patrique Tavares (Imperio Fight)
Até 61kg – Gustavo Erak (Team Nogueira Campinas) x Antônio Muita Luz (Templários Team)
Até 52kg – Kinberly Novaes (CM System) x Bianca Sattelmayer (Sattelmayer Top Team)
Até 77kg – Uyran Presuntinho (Lhyiu Yu MMA) x Alberto Antônio (Brothers Team)
Até 93kg – Wallyson Maguila (Yoshinaga Team) x Lucas Netto (Arena)
Até 84kg – Rene Soldado (Power Lotus Team) x Vitor Sales (Julierme Team)

Card Preliminar
Até 61kg – Vinícius Máximo (Team Máximo) x Weverton Delfim (Inside)
Até 88kg – Emerson Vitorino (Bruno Jacaré Team) x Alan Salgado (Corinthians MMA)
Até 61kg – Luan Bolívia (Astra Fight Team) x Higor Sales (Julierme Team)
Até 57kg – Allan Mini (011 MMA Team) x Maicon Cardoso (Iriê Team)
Até 77kg – Tales Alves (Checkmat) x Rafael Bianchi (Brothers Team)
Até 57kg – Wingrisson Santos (Astra Fight Team) x Kaique Lyotinho (Gilliard Team)
Até 66kg – Luiz Pelezinho (Tozi Jiu Jitsu) x Cícero Gardenal (Babuíno Gold Team)
Até 70kg – Marlon Santos (Team Beltrão) x Thiago Lima (Team Nogueira)
Até 66kg – Pedro Doreto (Zion Fight Team) x Giovanne Bueno (Arena)
Até 77kg – Diego Rodrigues (Daineze Team) x Rodrigo Digão (Zion Fight Team)
Até 57kg – Rafael Matos (Daineze Team) x Jailson Costa (Inside)



Artigos Relacionados