Aspera FC 39: com cartel de respeito, Morceguinho volta ao Brasil e encara revelação Rani Rex

6

Lutador de Santa Catarina retorna em evento nacional depois de perder invencibilidade no Bellator; show acontece no dia 18 de junho, em Santa Catarina.

284739_608891_morceguinho

Morceguinho volta ao Brasil depois de passagem pelo Bellator / Foto: Leonardo Fabri

Um dos maiores eventos de MMA do Brasil, o Aspera FC volta com sua 39ª edição em seu principal palco, o estado de Santa Catarina. E o Ginásio Sérgio Lorenzato, em Balneário Camboriú, no sábado, dia 18 de junho, receberá como luta principal dois jovens talentos do MMA nacional na categoria até 66kg. De volta do Bellator, depois de perder a invencibilidade, Julio Cesar Morceguinho protagoniza o show contra Rani Rex, um dos grandes prospectos brasileiros. Na co-luta principal, o ex-TUF 16, Tim Ruberg, retorna ao cage depois da boa vitória no AFC 38, para encarar Cleiton Caetano. O evento será transmitido ao vivo pelo Esporte Interativo, a partir das 20h.

“O Aspera não pode parar e vamos trazer mais um evento de alto nível para os fãs da organização e do MMA”, comemora o presidente do AFC, Marcelo Brigadeiro. “O palco é conhecido de todos aqui. Foi em Santa Catarina que o Aspera começou e consolidou o seu nome. Agora estamos neste lugar que traz boas vibrações a todos. Será mais um grande show”, celebra.

Jovens e com carteis impecáveis protagonizam noite

A noite do dia 18 de junho reserva na sua principal luta um duelo da nova geração. De um lado, o catarinense Julio Cesar Morceguinho que, com apenas 22 anos, ostenta um invejável cartel de 30 vitórias e apenas uma derrota. Desde que começou no MMA, o atleta da Astra Fight Team, manteve a invencibilidade por quatro anos, com passagens por grandes eventos nacionais e na franquia norte-americana Bellator. Lá nos Estados Unidos, fez três combates, venceu dois e foi derrotado uma vez, justamente, em sua última luta como profissional. Em maio do ano passado foi finalizado por Jordan Parsons e teve a incrível sequência de triunfos interrompida.

Aos 20 anos, o paranaense de Ponta Grossa, Rani Rex, também começa a fazer seu nome. Em ação no cage desde os 2011, quando tinha apenas 15 anos, o pupilo e filho de Paulão Imperador chega para protagonizar o AFC 39 com um cartel de 16 vitórias e sete derrotas. Especialista em jiu-jitsu, o atleta da Zenedim Ponta Grossa finalizou 13 de seus adversários e vem de quatro vitórias nos últimos cinco duelos. Rex é considerado uma das grandes revelações do MMA nacional, assim como Morceguinho.

Norte-americano e duelo de veteranos completam card

Depois de apresentar-se no Aspera FC 38, o norte-americano, que participou do TUF 16 e ex-atleta do Bellator, Tim Ruberg, está de volta à franquia e pretende manter a sequência de vitórias. Com um cartel 13-3, Ruberg retorna aos 77kg, após atuar na divisão até 84kg, e terá pela frente Cleiton Caetano (5-0-1), atleta invicto, na co-luta principal da noite. Caetano, inclusive, vem de ótimo triunfo no main event do Imortal FC 3 sobre o Thiago Rela.

Ainda no card principal, um duelo de veteranos renomados no MMA. Gilberto Giba (27-5), de 34 anos, busca a 10ª vitória em 11 lutas ao encarar Rodrigo Buga (13-8), de mesma idade. Outro grande prospecto no card, Alex Leko, da Astra Fight Team, defende uma imponente invencibilidade. Em 16 duelos na carreira, só vitórias, sendo 15 ainda no primeiro round. Seu adversário será Marcelo Piazza (11-5), pupilo de Thiago Tavares, atleta do UFC, e faixa-preta de jiu-jitsu.

Após perder a primeira em 31 lutas, Luís Rafael Japa retorna contra Dener Chuleta, veterano de 35 anos e com dez vitórias por finalização.

Aspera FC 39: Morceguinho vs. Rani Rex

Data: 18 de junho de 2016, Sábado
Local: Ginásio Sérgio Lorenzato, Balneário Camboriú, Santa Catarina
Transmissão: Esporte Interativo, a partir das 20h (de Brasília)

Card Principal – a partir das 20h
Até 66kg – Júlio César Morceguinho (Astra Fight Team) x Rani Rex (Escola Zenidim)
Até 77kg – Tim Ruberg (Astra Fight Team – EUA) x Cleiton Caetano (Universidade Da Luta – Brasil)
Até 66kg – Alex Leko (Astra Fight Team) x Marcelo Piazza (Team Tavares)
Até 84kg – Gilberto Giba (Astra Fight Team) x Rodrigo Buga (Master Kombat)
Até 70kg – Gustavo Lost (Chute Boxe) x Allan Francis (Striker’s House)
Até 61kg – Luís Rafael Japa (Astra Fight Team) x Dener Chuleta (Cerberus MMA)
Até 77kg – Gian Siqueira (Nova União) x A Definir
Até 61kg – Douglas Felipe (Cerberus MMA) x A Definir

Card Preliminar
Até 84kg – Bruno Oliveira (Corinthians MMA) x Huinderton Barbosa (Open One)
Até 66kg – Cleiton Foguete (Astra Fight Team) x A Definir
Até 57kg Feminino – Daiana Torquato (Chute Boxe) x A Definir
Até 66kg – Carlos Thaíde (Astra Fight Team) x A Definir
Até 57kg – Danimar Pastusak (CM System) x A Definir
Até 70kg – Guilherme Trindade (Astra Fight Team) x A Definir
Até 61kg – Jackson Tortora (Chute Boxe) x Pedro Henrique (Nova União)
Até 61kg – Sidnei Schmitt (Chute Boxe) x William Dudinha (Nova União)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here