Aspera FC 37: peruanos levam a melhor em desafio AFC vs FFC e Mora vence revanche com Gordo

11
Brasileiro acaba sofrendo nocaute técnico no reencontro, depois de lesão no olho, e anfitriões vencem três dos seis duelos; Luan Santana leva rival à lona com 55 segundos.
Bruno Cro Cop foi um dos brasileiros vitoriosos no desafio Brasil vs Peru / Foto: Divulgação
Em mais um dia histórico para o Aspera FC, que realizou na noite desta quarta-feira, dia 4 de maio, seu segundo evento internacional em duas semanas e o 37º da organização, os peruanos levaram a melhor nos duelos diante dos brasileiros. No desafio AFC vs FFC (Fusion Fighting Championship), no Coliseo El Rosedal, em Lima, no Peru, foram três vitórias para os anfitriões e apenas duas para os brasileiros do Aspera. Na luta principal, Jackson “El Terco” Mora teve sua revanche, cinco anos depois, diante de Leandro “Gordo” Rangel e saiu como grande vitorioso da noite, na divisão até 93kg.
No co-luta entre Johnny Iwasaki e Henrique Rasputin, na categoria até 70kg, um duelo franco com trocação para os dois lados. Entretanto, o peruano também fez valer o fator casa e com boas combinações tornou-se vencedor por decisão unânime.
“Fizemos um desafio para orgulhar os amantes de MMA. O card foi escolhido com muito cuidado e isso foi visto aqui em Lima nesta noite. Duelos assim só mostram o quanto o Aspera está em evolução ao realizar eventos internacionais dessa magnitude. Estão todos de parabéns. Os atletas deram um show. Prometemos, a cada evento, fazer um show melhor para os nossos fãs”, comemora o presidente do Aspera FC, Marcelo Brigadeiro.
Atuação impressionante de Mora garante show
O momento mais esperado da noite foi o reencontro entre Jackson Mora e Leandro “Gordo” Rangel. O brasileiro não lutava desde 2011, quando nocauteou o próprio peruano em um evento nacional. Na disputa, El Terco deu show e garantiu a vitória com uma excelente exibição. 
Depois de superar claramente Rangel nos dois primeiros rounds, o anfitrião teve sua vitória declarada por interrupção médica, antes do início do terceiro assalto, devido uma lesão no olho do brasileiro, que o impedia de lutar. Com o triunfo, Mora aumentou seu cartel de vitórias e agora soma 21 na carreira. Já Leandro amargou apenas suas terceira derrota no MMA, com oito vitórias.
Brasileiros nocauteiam
As duas únicas vitórias para o Brasil no desafio AFC vs FFC foram construídas com nocautes de levantar o público no Coliseo El Rosedal. A primeira aconteceu logo na abertura do evento, na divisão até 77kg. Geraldo Luan Santana, pupilo de Cristiano Marcello, precisou de apenas 55 segundos para levar Gustavo Torres à lona. Foi a vitória mais rápida de sua carreira.
Quem também retorna ao Brasil com o triunfo é Bruno Cro Cop. A vitória do atleta do AFC foi arrasadora com um nocaute ainda no primeiro round, diante de Alonso Verona. O outro brasileiro, Sergio Hortig, foi nocauteado por Humberto Badernay com 1min e 55seg do segundo round. Na disputa entre peruanos, melhor para Renzo Mendez que venceu Alejandro Berrocal por decisão unânime dos juízes.
Aspera FC 37 – AFC x FFC
Quarta-feira, 4 de Maio de 2016
Local: Coliseo El Rosedal em Lima, Peru
Jackson Mora venceu Leandro Gordo por nocaute técnico (lesão no olho) no intervalo após o segundo round
Johnny Iwasaki venceu Henrique Rasputin por decisão unânime
Renzo Mendez venceu Alejandro Berrocal por decisão unanime
Bruno Crocop venceu Alonso Verona por nocaute aos 2min e 1seg do primeiro round
Humberto Bandenay venceu Sergio Hortig por nocaute aos 1min e 55seg do segundo round.
Geraldo “Luan Santana” venceu Gustavo Torres por nocaute aos 55 segundos do primeiro round

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here