Experiência de um lado, juventude do outro

14

MMA - Júnior Boya - campeão do Jungle Fight - by Fernando Azevedo

Foto: Divulgação

Experiência de um lado, juventude do outro. A luta principal do Amazon Talent 5 colocará em lados opostos dois atletas que começaram a carreira nos tatames da luta livre amazonense: Júnior Boya (JB MMA/Nova União) e Dagoberto “Jungle Boy” (Hikari/CT Brunocilla), valendo pelo peso combinado até 60 kg. O público verá esse grande combate nesta quinta-feira, 1 de setembro, a partir das 20h, no Sport Bar – rua Rio Madeira, Vieiralves, Zona Centro-Sul de Manaus.

Aos 28 anos, Boya tem um cartel com 14 lutas, sendo nove vitórias e cinco derrotas. Ele já foi campeão do peso mosca (até 57 kg) do Jungle Fight e busca retomar o caminho das glórias no esporte.

“Lutar com o xará mais novo ou mais velho para mim não influencia em nada e, por ser da luta livre, é bom ter esse confronto. O Boya do Jungle Fight só está dormindo e logo logo ele pode acordar”, avisa o lutador da Nova União.

Novato quer nocautear

Com dois combates amadores realizados no México e Estados Unidos, Jungle Boy, de 23 anos, ainda é um mero desconhecido no cenário do MMA profissional no Estado. No entanto, Dagoberto é visto como uma das joias da luta livre. Em julho, o “Garoto da Selva” brilhou na 2ª Copa Allan Cortinhas. Misturou técnica e um preparo físico de campeão diante do renomado Eric Macaco.

“É uma honra lutar em Manaus contra o ex-campeão do Jungle Fight. Aqui vou poder contar com o grande apoio da minha família e dos amigos. A estratégia será manter a luta em pé e esperar o momento certo para nocauteá-lo”, comenta Dagoberto, acrescentando que se considera melhor que o adversário na luta em cima.

Compre seu ingresso

Os preços para o Amazon Talent 5 custam R$ 25 (arquibancada), R$ 50 (camarote) e R$ 200 (mesa). Informações e reservas: (92) 98175-9845 ou 98262-2820.

A pesagem acontece nesta quarta-feira, a partir das 10h, no próprio Sport Bar.

Card com 11 lutas (atualizado em 30 de agosto de 2016):

Até 60 kg (peso combinado) – Júnior Boya (JB MMA/Nova União) x Dagoberto “Jungle Boy” (Hikari/CT Brunocilla)

Até 57 kg (mosca) – Geraldo Nogueira (SD System/Checkmat) x Lucas Lima (RDBJJ/Pequeno Team)

Até 61 kg (galo) – Felipe Rego (SD System/Checkmat) x Abidal Silva (Herison Reis/Kadosh)

Até 61 kg – Julianno Arcanjo (JMT/CT Manaus Fight) x Fábio Henrique (RCT/Coari/Team Nogueira)

Até 66 kg – Elvis Brenner (Melvin Revilla) x Eurides Bandeira (Mutação/Coroado)

Até 70 kg (leve) – Júnior Cachoeira (Coach Boxe/Itacoatiara) x Patrick de Souza (D.R. Team/Parintins)

Até 84 kg (médio) – Salenco Steel (Deo Academy) x Ramon Costa (Nonato Muay Thai)

Até 84 kg (médio) – Brutos Cachoeira (CT Operacional) x Caio César “Parangolé” (Império CT)

Até 84 kg (médio) – Elias Xavier (CT Operacional) x Lucas Campelo (SD System/Checkmat)

Até 52 kg (palha) – Joice Mara da Silva (JMT/CT Manaus Fight) x Andreia Cerdeira (Júnior Cardoso Team/Coari)

Até 52 kg (palha) – Patrícia Adria Rodrigues (92BJJ/Projeto Nandinho) x Rosana Vasconcelos (Pesadão/Rio Preto da Eva)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here